A lavoura arcaica

Primeiro, veio o golpe jurídico-parlamentar. Logo em seguida, veio a terceirização; uma espécie de semiescravidão. E ainda temos que aturar as bajulações da grande mídia a esse desgoverno, a esse deplorável estado de coisas. Estamos testemunhando, impassíveis, um lento e gradual processo de desertificação de nossos campos, outrora verdejantes

Primeiro, veio o golpe jurídico-parlamentar. Logo em seguida, veio a terceirização; uma espécie de semiescravidão. E ainda temos que aturar as bajulações da grande mídia a esse desgoverno, a esse deplorável estado de coisas. Estamos testemunhando, impassíveis, um lento e gradual processo de desertificação de nossos campos, outrora verdejantes
Primeiro, veio o golpe jurídico-parlamentar. Logo em seguida, veio a terceirização; uma espécie de semiescravidão. E ainda temos que aturar as bajulações da grande mídia a esse desgoverno, a esse deplorável estado de coisas. Estamos testemunhando, impassíveis, um lento e gradual processo de desertificação de nossos campos, outrora verdejantes (Foto: Lula Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Teria a nossa lavoura, assolada por oportunistas e insidiosas "pragas", tornado-se irremediavelmente arcaica?

Se não, vejamos...

Primeiro, veio o golpe jurídico-parlamentar.

Os piores canalhas e corruptos da República então usurparam o poder - todos arrolados e enrolados na Lava Jato.

Depois, veio a xepa do "feirão" da Petrobras, e estão entreqando, de modo célere, para os estrangeiros, o pré-sal: a riqueza que financiaria a educação e a saúde do povo brasileiro. Ou seja: venderam o nosso "bilhete premiado" na bacia das almas.

Tiveram a desfaçatez de criar uma espécie de "Minha Casa, Minha Vida" para milionários!

Vejam bem o cenário desolador: Temer presidente do Brasil; Alckmin governador de SP; o janota do João Doria, prefeito da maior cidade do país e o tal do "bispo" Crivella, no Rio.

Que zorra é essa?!

Isto, por acaso, é um pesadelo?!

Mais de 13 milhões desempregados...

Querem acabar até com a aposentadoria dos brasileiros...

O país em ruínas...

E os caras, para acabar de acabar, ainda fodem com a indústria da carne brasileira.

Logo em seguida, veio a terceirização; uma espécie de semiescravidão.

E ainda temos que aturar as bajulações da grande mídia a esse desgoverno, a esse deplorável estado de coisas.

E, não bastasse, também ainda temos que aturar as mesóclises e cafonices de um presidente tão ilegítimo quanto caquético.

Putz!!!

Três vezes "Putz!"!

Teria a nossa "lavoura", que semeamos, paciente, delicada e dedicadamente, por longos 30 anos, se arruinado, de maneira irremediável, em alguns poucos meses?

Estamos testemunhando, impassíveis, um lento e gradual processo de desertificação de nossos campos, outrora verdejantes.

Não faremos nada?!

Não reagiremos?!

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247