A marcha para Jesus não é para Jesus!

E das sangrentas CRUZADAS medievais até a existência de políticos evangélicos brasileiros com tendências nazifascistas; favoráveis ao porte de armas; e à extinção de direitos das ditas MINORIAS se conclui que qualquer indivíduo que oprima e subjugue seu próximo: não poderá MARCHAR para ou por JESUS DE NAZARÉ; nunca.

Quem é Jesus Cristo?

         Jesus nasceu em um estábulo, cercado de animais como bois, bezerros, carneiros e etc.; tal evento ocorreu no ano 6 A.C, na província romana da Judeia.  O nascimento de Jesus, já havia sido previsto biblicamente, através de revelação citada em Miquéias 5; 2 Isaías 9,6, Isaías 7.14, e Mateus 1.18 -23 (que no Novo Testamento confirmou a profecia de Isaías) e demonstra o quanto o acontecimento possuía seu embasamento teórico.

.     A criança sagrada - recebeu ainda - naquele Estábulo simples a visita de três Reis (Magos): Baltazar, Gaspar e Melchior, que trouxeram ao menino, a quem consideravam um REI, presentes como: incenso, mirra e ouro; símbolos de fé. 

        Maria e José (pais de Jesus, crentes em Deus) após o seu nascimento foram para Nazaré, na Galileia.

          A criança cresceu sob o manto da fé, e frequentava sinagogas, inclusive aos doze anos de idade Jesus pregou no Templo de Salomão em Jerusalém, na Páscoa.  

          O que seria “pregar”?  

          O termo etimologicamente vem do latim PRAEDICARE, que significa alardear em voz alta. E esta prática é muito comum no meio religioso, e em especial no meio cenobítico monoteísta, como do Judaísmo e do Cristianismo. 

           O livro mais lido no mundo todo, ´contém um código para que se entenda a existência de um SER SUPREMO, que é onisciente, onipotente e onipresente, que enviou seu filho unigênito para uma missão altamente redentora para s humanidade, que desde o GÊNESIS, tornou-se rebelde, ao desobedecer a esta Divindade Superior: Este Grandioso, Amoroso e Justo ser que além de crear o ser humano, lhe presenteou com um MAVIOSO PARAÍSO, para que o primeiro homem Adão e a. primeira mulher Eva, pudessem viver para sempre.

          E seu amado filho Jesus foi enviado para o planeta Terra com a precípua finalidade de explicar à espécie criada a imagem e semelhança deste SOBERANO, que o mal é algo que deveria ser erradicado e suplantado, em detrimento do AMOR AO PRÓXIMO, AMOR A DEUS, e resgate dos valores de igualdade, fraternidade e liberdade. 

       Este Cristo Salvador... viveu segundo relatos; trinta e três anos, sua obra inclui: Milagres de cura, e episódios onde ele ressuscitou os mortos; Ele ainda perdoou mulheres adúlteras, e cobradores de impostos, e ao ser crucificado disse olhando para seus algozes, em agonia: “Pai perdoa-lhes, porque eles não sabem o que fazem” Lucas, 23.24.

         Várias foram às interpretações das Sagradas Escrituras ao longo da trajetória das religiões, e principalmente da Religião Católica, instituída no MEDIEVO dos Tempos; período onde a IGREJA tornou-se o ESTADO, e a “SANTA INQUISIÇÃO" “fritava” ou excomungava quem pensasse diferente do estado de teocracia vigente.

        E das sangrentas CRUZADAS medievais até a existência de políticos evangélicos brasileiros com tendências nazifascistas; favoráveis ao porte de armas; e à extinção de direitos das ditas MINORIAS se conclui que qualquer indivíduo que oprima e subjugue seu próximo: não poderá MARCHAR para ou por JESUS DE NAZARÉ; nunca.
    “Quem quiser ser líder deve ser primeiro servo. Se você quiser liderar, deve servir.”    Jesus Cristo.       “Mateus 20.26-27”.  

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247