A matrioska golpista

O que Toffoli tenta convencer é que ele ajudou a preservar a democracia no Brasil. Que democracia, cara-pálida?! O que o presidente do Supremo Com Tudo tem feito é passar uma demão de verniz na urna funerária em que jaz a democracia brasileira

O nome pode parecer estranho à maioria dos brasileiros, mas todos conhecemos aquelas bonecas russas que saem uma de dentro da outra, como se cada uma fosse a mãe que dá à luz uma outra boneca, numa sequência interminável. Pois bem, assim são os golpes no Brasil. 

Já está consagrada a ideia de que, com o AI5 (dez.68), Costa e Silva deu um golpe dentro do golpe de 64. Mas em 1969, veio outro golpe dentro do golpe. Pedro Aleixo, civil vice de Costa e Silva, fora contrário ao AI5 e teria dito confiar nos generais, mas não no guarda da esquina. Quando Costa e Silva teve um AVC, o núcleo duro da ditadura civil-militar não deixou Aleixo assumir e impôs a Junta Militar. 

O que a entrevista do presidente do STF Dias Toffoli à Veja (09.ago.19) denuncia é que, no Brasil, vivemos uma sequência de golpes dentro de golpes. 

Em 2013, as forças da reação apostaram em abreviar o mandato da presidenta Dilma Rousseff. Se as direitas nacional e internacional não conseguiram realizar seu plano naquele momento, por outro lado, deram um duríssimo golpe nas organizações de esquerda e elegeram o parlamento mais reacionário até então, plantando a semente para o retrocesso civilizacional que viria.

E tal qual uma matrioska, aquele golpe pariu outro, que pariu outro, que pariu outro...

Veto do Supremo Com Tudo à nomeação de Lula como ministro (mar.2016)

"Impeachment" (abr-ago.2016)

Twitter de Villas Boas emparedando o Supremo Com Tudo às vésperas do julgamento do HC do Lula (3.abr.18)

Indeferimento do HC (4.abr.18)

Prisão de Lula (7.abr.18)

Inelegibilidade de Lula (1.set.18)

Omissão do TSE sobre a máquina de fake news e do impulsionamento de zap pela campanha de Bannon e Bolsonaro (out.18)

Adiamento do julgamento sobre a constitucionalidade da prisão em segunda instância (abr.19)

Pacto pelo golpe, assinado por Toffoli, Bolsonaro, Maia e Alcolumbre (28.maio.19)

A chance de eu ter esquecido algum é enorme.

O que Toffoli tenta convencer é que ele ajudou a preservar a democracia no Brasil. Que democracia, cara-pálida?!

O que o presidente do Supremo Com Tudo tem feito é passar uma demão de verniz na urna funerária em que jaz a democracia brasileira.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

blog

Brasil, o país dos golpes?

Entre abril e maio deste ano estivemos à beira de um grave conflito. O episódio, gravíssimo, é mais um sinal do desprezo de nossas elites pela democracia, um “estorvo”, algo que pode ser removido...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247