A natureza, o índio e o macho branco

Evo mandou buscar nos Esteites o 747 SuperTanker, o maior avião tanque do planeta, para ajudar no combate ao fogo e pediu, ainda, ajuda internacional. Espanha, Argentina, Paraguai e Chile já se prontificaram em ajudar. Enquanto isso, BolsoNero bate boca com ONGs e chefes de estado das estranjas como um moleque de nariz sujo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

um incêndio e dois presidentes.

de um lado, um indígena, Evo, que cai pra dentro da mata e se junta a mais de três mil é quinhentos brigadistas, soldados e voluntários para apagar o fogo.

do outro, o macho branco e ecocida que nos preside joga gasolina nas labaredas.

Evo mandou buscar nos Esteites o 747 SuperTanker, o maior avião tanque do planeta, para ajudar no combate ao fogo e pediu, ainda,  ajuda internacional.

Espanha, Argentina, Paraguai e Chile já se prontificaram em ajudar.

enquanto isso, BolsoNero bate boca com ONGs e chefes de estado das estranjas como um moleque de nariz sujo.

seu amigão da cara alaranjada, o que é “parceiro do Brasil”, não enviou um caminhão Pipa para ajudar na mitigação da desgraça ambiental.

restringiu-se a judá-lo com bravatas no Twitter, onde disse que o capacho brasileiro está fazendo em excelente trabalho na Amazônia.

né isso?

no Brasil, é senso comum que grande parte do incêndio é criminoso e provocado pelos simpatizantes do despirocado do Planalto.

do lado de cá, “o dia do fogo”, perpetrado por facínoras gananciosos e inescrupulosos, segue a agenda destrutiva do Dragão da Maldade, que está transformando o país em cinza e ruínas.

na Bolívia, mais fortemente no departamento de Santa Cruz, fronteira com Paraguai e Brasil, a floresta também arde em chamas.

no entanto, os focos de incêndio são atribuídos ao chaqueo, uma prática milenar de usar as cinzas da vegetação para melhorar a fertilização do solo.

um incêndio, dois focos.

como se sabe, o índio e o macho branco estão em posições antípodas que se fala em floresta.

aqui, a esculhambação continua a mesma de mais de 500 anos atrás.

o macho branco manda e desmanda, mata e desmata.

vive da morte e da mamata.

evoé, Evo. Evo é! 

palavra da salvação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247