Francisco Calmon avatar

Francisco Calmon

Ex-coordenador nacional da Rede Brasil – Memória, Verdade e Justiça; membro da Coordenação do Fórum Direito à Memória, Verdade e Justiça do Espírito Santo. Membro da Frente Brasil Popular do ES

104 artigos

blog

A pachorra da Justiça

"Letargia da Justiça favorece à extrema-direita, leva a apatia e descrença à sociedade, e anima a quadrilha bolsonarista"

8 de Janeiro (Foto: Joedson Alves / Agência Brasil)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

A lentidão da justiça é uma tortura coletiva. Enquanto a sociedade do bem sofre com o Bolsonaro solto e começa a duvidar da justiça, os bolsonaristas avançam em busca de uma anistia para o meliante. A lista de crimes cometidos por ele vai desde a época da caserna até os dias atuais. Da falsidade ideológica, apologia à tortura, genocídio, ao atentado ao Estado de direito.

Não havendo um exemplar julgamento e punição, sua história vai virar um manual de como cometer crimes sem ser punido.

Anistiar golpistas seria um passaporte de imunidade para novos atentados ao Estado democrático de direito. 

O Brasil já carrega uma nódoa na sua história por não ter punido os agentes da ditadura militar que cometeram crimes de lesa humanidade, e, por serem imprescritíveis, são crimes continuados, à medida que os mortos e desaparecidos políticos continuam sem justiça e as sequelas transgeracionais afetam os sobreviventes e os filhos e netos dos assassinados pelo Estado ditatorial até o presente.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A extrema-direita tem um projeto e estratégia de poder, não é a de um governo democrático, e sim a de uma contrarrevolução à democracia e implantação de uma autocracia neonazifascista, na qual o Estado e a sociedade serão militarizados e as policias, aliadas às milícias, implantarão o medo e a violência como um modo de ser normalizado. Só haverá liberdade entre os fascistas, os demais serão perseguidos via lawfare e pelas forças das armas.

Cujo resultado desejado é o de uma guerra civil, como declarado algumas vezes pelo meliante mor, Jair Bolsonaro.

Matar os 30 mil esquerdistas é a sua obsessão. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A letargia da Justiça favorece à extrema-direita, leva a apatia e descrença à sociedade, e anima a quadrilha bolsonarista. 

Seu cronograma, se tiver como variável determinante o calendário eleitoral e as pesquisas de opinião, estará sendo míope e coalho. 

Toda decisão tem risco imanente, mas a ousadia responsável é ingrediente necessário aos agentes da Justiça.

Ousar lutar, ousar vencer.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO