A pauta do povo

Já passou da hora de a Câmara dos Deputados colocar em votação alguns projetos que poderão beneficiar milhões de brasileiros. Será necessário ir às ruas outra vez?

Já passou da hora de a Câmara dos Deputados colocar em votação alguns projetos que poderão beneficiar milhões de brasileiros.

Talvez o mais importante deles seja o fim do fator previdenciário, que achatou aposentadorias e pensões de uma forma injusta e desleal. Milhões de brasileiros contribuíram ao longo de sua vida com o equivalente a 10 salários mínimos. Hoje, depois de aposentados, recebem não mais que dois. É preciso corrigir essa covardia contra quem dedicou sua vida à construção de um Brasil melhor!

Outro projeto que aguarda votação é o que trata de acabar com a contribuição previdenciária de aposentados. Chega a ser absurdo alguém contribuir durante toda a sua vida e, na hora de receber sua aposentadoria ou pensão, ter que descontar como se estivesse na ativa. É importante lembrar que poucos países no mundo adotam a prática do desconto previdenciário de aposentado.

O fim da tarifa básica da telefonia é tema de mais um projeto que favoreceria muitos brasileiros. Nos Estados Unidos e na Europa, além de as tarifas telefônicas serem cinco ou seis vezes menores que as praticadas no Brasil, há muito tempo já não existe cobrança de tarifa básica para telefonia fixa. A pergunta é inevitável: por que não votar? Sempre que é formulada, a resposta é o silêncio.

Outro assunto que a Câmara não pode deixar de enfrentar refere-se às guardas municipais. Você sabia que seu funcionamento ainda não está regulamentado por lei? Um verdadeiro absurdo!

Quando o povo foi para as ruas, o Congresso Nacional rapidamente reformulou a pauta de prioridade de votação e desengavetou projetos que aguardavam havia muito tempo, como o fim do voto secreto e outras medidas moralizadoras da atividade parlamentar. A pauta do povo está trancada novamente. Será necessário ir às ruas outra vez? 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247