CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Lelê Teles avatar

Lelê Teles

Jornalista, publicitário e roteirista

392 artigos

blog

A precificação do corpo feminino

"O Estado patriarcal é um macho estuprador" - Las Tesis, coletivo feminista chileno

Daniel Alves no tribunal durante o primeiro dia de julgamento por acusação de estupro em Barcelona, Espanha 05/02/2024 (Foto: Alberto Estevez/Pool via Reuters)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

No dia 20 de novembro de 2019, o coletivo feminista chileno Las Tesis denunciava, com a performance 'un violador en tu camino' que o estupro é, sempre, uma prática coletiva.

O Estado patriarcal é cúmplice dos atos de violação contra as mulheres por omissão, comissão e/ou conivência.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ao apontar o dedo, de olhos vendados, e gritar 'el violador eres tú (o estuprador é você)', as chilenas estavam a denunciar todos aqueles que tornam o mundo um lugar seguro para estupradores.

O juiz, o promotor, o guarda da esquina, o médico legista, o vizinho, os parças e os comparças do estuprador...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Há uma cadeia de homens que se unem para tentar, de alguma forma, acolher o agressor e culpar a vítima.

"Y la culpa no era mía, ni dónde estaba ni cómo vestía", diz um trecho da música performada por feministas mundo afora.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ao conceder liberdade para o estuprador Daniel Alves, sob gorda fiança, Barcelona decidiu, ontem, precificar o corpo da mulher, tornando-se um Estado rufião.

Porque essa é uma forma cruel de prostituir a vítima de estupro e proteger o homem abjeto. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O que tem preço não tem valor.

O estupro, sabemos todos, foi uma arma de guerra muito utilizada pelos colonizadores europeus.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

E segue sendo utilizado como uma arma de guerra permanente contra as mulheres. 

O maior medo de um homem quando vai para a prisão é ser estuprado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ser estuprada é o maior medo de uma mulher em liberdade.

Como diz a antropóloga feminista rita segato, inspiração das meninas da Las Tesis, o estupro não é um ato erótico, ele estabelece uma relação de poder!

Barcelona acaba de confirmar isso ao afirmar que pessoas ricas e famosas estão livres para estuprar.

Basta depositar um milhão de euros em juízo.

Daqui a pouco estarão aceitando pagamento adiantado.

Palavra da salvação.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO