A Primavera Brasileira contra o Fascismo chama-se #EleNão

O espetáculo democrático que as mulheres fazem hoje não carece de seus holofotes e repórteres deturpadores da verdade. Dispensamos sua fábrica de notícias. O Brasil se torna referência mundial na luta contra o ódio. Pelas mãos femininas a guerra de braços contra o fascismo será vencida

A Primavera Brasileira contra o Fascismo chama-se #EleNão
A Primavera Brasileira contra o Fascismo chama-se #EleNão (Foto: Esq.: Centro de Operações do RJ / Dir.: Gustavo Lima - Ag. Câmara)

Quando Lula pronunciou no dia 7 de abril a frase que nos leva a ter arrepios:

"Os poderosos, podem matar uma, duas, ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a chegada da primavera", acabou profetizando a primavera que jamais será esquecida, apagada, e assim, como a primavera árabe entrará para história.

Não será estranho se em alguma prova de nível médio ou vestibular trazer como questão:

"Cite o maior movimento feminino contra o fascismo na América do Sul?"

Nossas guerreiras, bravas mulheres de luta deram inicio através das redes sociais seu repudio ao terror, ao fascismo, a misoginia, enfim a todo ódio representado em um único "coiso".

O dia 29 de setembro entra para história, o Brasil, se levanta contra a maldade. Elas estão na linha de frente, o mundo assiste, aplaude e participa.

Cada mulher, que engrossou o movimento #EleNão nas redes sociais, nas ruas devemos nosso respeito e admiração.

O Brasil, hoje, vive uma de suas maiores crises econômicas e sociais. O fascismo da forma mais sórdida e covarde, se aproveitando da fragilidade provocada pelos golpistas, vem tentando tomar o poder.

Ele que traz consigo características de um dos maiores monstros da história mundial cairá e dobrará seus joelhos diante do poder feminino.

O Brasil foi vítima do golpe, mas não se curvou, vamos todos dar a resposta através da democracia, nas urnas.

A mídia golpista, que deixou seu pupilo do CENTRÃO do abismo de lado, para embalar o coiso, hoje, deve estar sob colapso.

O espetáculo democrático que as mulheres fazem hoje não carece de seus holofotes e repórteres deturpadores da verdade. Dispensamos sua fábrica de notícias.

O Brasil se torna referência mundial na luta contra o ódio. Pelas mãos femininas a guerra de braços contra o fascismo será vencida.

É com muito orgulho e arrepio na alma que escrevo:

PERDEU MISÓGINO!

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247