A prisão de Temer nos deixa temerosos

Casos de corrupção envolvendo a família do presidente, seu partido, declarações bizarras e toda a farsa que acompanha a Lava Jato formam o balde de água fria derramado no governo. O oxigênio encontrado para alimentar a fogueira que forma essa cortina de fumaça pode ser a prisão  de Michel Temer

A prisão de Temer nos deixa temerosos
A prisão de Temer nos deixa temerosos (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)

A prisão do usurpador e ilegítimo presidente Michel Temer pela força-tarefa da Lava Jato, nesse momento, pode ser interpretada como combustível  para acender a fogueira que tenta aquecer a já desnuda operação.

A pauta desastrosa do (des) governo bolsonariano está centrada na celeridade em aprovar a esmagadora reforma da previdência. Porém os primeiros meses de Jair Bolsonaro como presidente da republica, em nada se difere de seus anos anteriores de vida publica:

Patacoadas, ofensas e omissão!

Com sua popularidade descendo ladeira abaixo, o que já era esperado quando observamos seu currículo como militar e parlamentar não transfere nenhuma segurança no que propõe.

Todo esse desgaste compromete a aprovação da reforma, que apresentada por esse governo passa de ameaçadora para ameaçada.

Aos olhos dos entreguistas traidores e banqueiros a imagem da reforma já estava começando a fica embaçada. O resgate da popularidade de Bolsonaro e da operação Lava Jato, que tem como característica a perseguição ao PT reside na demonstração de uma “imparcialidade” e sentimento de “justiça” .

Casos de corrupção envolvendo a família do presidente, seu partido, declarações bizarras e toda a farsa que acompanha a Lava Jato formam o balde de água fria derramado no governo.

O oxigênio encontrado para alimentar a fogueira que forma essa cortina de fumaça pode ser a prisão de Michel Temer.

Então, comemorar essa “justiça” pode ser entendido como uma saudação  ao cavalo de troia, onde todos sabemos o que acontece.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247