A tão sonhada CPI orgásmica da Petrobras

A verdade é que queriam, e ainda querem, a todo custo, inviabilizar a Petrobras, para fazer com ela o que fizeram com as “teles”

Procurando velhos fatos "novos" na internet, eis que encontro uma pérola do ano de 2009, com a então ministra da Casa Civil Dilma Rousseff dando uma aula ao presidenciável José Serra, que naquela época já lutava por uma CPI da Petrobras, juntamente com a esquadrilha do fogo tucana, alegando que a empresa se tratava de uma "Caixa Preta".

Veja o vídeo:

 

"A Petrobras pode ter sido uma caixa preta em: 97, 98, 99... 2000. A Petrobras de hoje é uma empresa com um nível de contabilidade dos mais apurados do mundo. Porque caso contrário, os investidores não a procurariam como sendo um dos grandes objetos de investimento. Investidor não investe em Caixa Preta desse tipo... Agora é espantoso que se refiram dessa forma a uma empresa do porte da Petrobras. Ninguém vai e abre ação na Bolsa de Nova York, é fiscalizado pela Sarbanes-Oxley* e aprovado sem ter um nível de controle bastante razoável", disse a Dilma ministra.

A lei SOX ou Sarbanes- Oxley foi criada nos anos 90 nos EUA para resgatar a credibilidade dos investidores. Mas só foi promulgada em julho de 2002, estabelecendo uma das maiores reformas já ocorridas na regulamentação do mercado de capitais norte-americano. A lei foi uma resposta aos escândalos contábeis que envolveram grandes companhias consideradas umas das melhores para se trabalhar, do qual estabeleceu regras para a padronização e aperfeiçoamento dos controles financeiros das empresas que possuem capital negociado na Bolsa de Nova York (NYSE).

Fonte: A LEI SARBANES OXLEY E SEUS EFEITOS NAS TRANSPARÊNCIAS PARA OS INVESTIDORES BRASILEIROS EM EMPRESAS S/A .

Artigo de ALEX SANDRO RODRIGUES DA SILVA*; LUCIANA APARECIDA SATIM*; MARIA ELOINA ALVES DE SOUZA*; ROSELI FELIX DA SILVA*; MARCELO RABELO HENRIQUE*.

Pois bem. Em 2000, o então presidente da República Fernando Henrique Cardoso (o mesmo que brada pela CPI por onde anda), segundo o jornalão Folha de S. Paulo de 27 de dezembro de 2000, autorizou o presidente da companhia naquela época, Henri Philippe Reichstul, a contratar a agência paulista de design Und SC Ltda sem licitação por R$ 700.000,00 (setecentos mil reais), em um contrato de um ano iniciado em abril (daquele ano), segundo informou na matéria o sr. Alexandre Machado, consultor da presidência. Ele disse ainda que a mudança de logomarca para PETROBRAX deverá custar US$ 50 milhões à Petrobras, num processo previsto para durar seis meses.

A íntegra desse texto você encontra aqui.

Diante dos fatos, conclui-se que a tão sonhada CPI orgásmica da Petrobras, almejada pelo PSDB (e afins), que está nas mãos do STF, e que por pressão da mídia deverá sair do papel, necessita ser auferida, auditada e fiscalizada, desde os áureos anos em que se chamou PETROBRAX, no governo do majestoso pajé do alto clero tucanato, o garboso FHC.

Se já sonhavam com a CPI desde 2009, porque a Petrobras era a locomotiva do PAC, por que não revelam ao povo brasileiro "os fatos mais inusitados", guardados em alcova, do que fizeram com ela quando detinham o poder da caneta?

A verdade é que queriam, e ainda querem, a todo custo, inviabilizar a Petrobras, para fazer com ela o que fizeram com as "teles". Entregaram a peso de moedas podres (título da dívida pública) ao capital estrangeiro. É isso que o senhor Aécio, FHC e sua tropa de choque do PSDB querem. Tudo "privatizadinho" da Silva.

Gostaria muito que o que tanto procuram emirja das profundezas do governo Fernando Henrique Cardoso. E que a verdadeira "Caixa Preta da Petrobras" possua tanto significado para a imprensa quanto as quatro letras do PSDB e as três de FHC.

Por fim, que a Petrobras seja investigada então, desde 1997 até os dias de hoje. Ponto!

#PorUmBrasilMelhor

*Alex Sandro R. da Silva, Graduando em Ciências Contábeis pela UNICASTELO.

*Luciana Ap. Satim, Graduada em Ciências Contábeis pela UNICASTELO. *Maria

Eloina A. de Souza, Graduada em Ciências Contábeis pela UNICASTELO. *Roseli

Felix da Silva, Graduanda em Ciências Contábeis pela UNICASTELO. ** Marcelo R.

Henrique, Contador, Pós Graduado em Avaliações Periciais, Mestrando em Ciências Contábeis, Professor Universitário, palestrante e perito

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Eleição sem Lula continua sendo fraude
Carlos D'Incao

Duras verdades sobre o STF

"Suspeição de Moro? Esquece... não vai acontecer... Lula se entregou em um ato de grande inocência sobre o que é o sistema judicial brasileiro", diz o colunista Carlos d'Incao

Ao vivo na TV 247 Youtube 247