“Abre a porta e a janela e vem ver o sol nascer”

Temos que nos libertar desse fardo baixo astral, abrir a porta e a janela e ver o sol nascer, porque no canto do cisco, no canto do olho, a menina dança e se você fecha o olho a menina ainda dança

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A cultura brasileira perdeu um de seus maiores expoentes, o cantor e compositor Moraes Moreira, aos 72 anos. A obra de Moraes Moreira e a sua rica biografia ficarão eternamente gravadas na história da música.

Moraes foi membro do fantástico grupo Novos Baianos formado, entre outros, por Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Galvão e Paulinho Boca de Cantor. O grupo gravou em 1972 o disco Acabou Chorare, apontado pela revista Rolling Stones como o melhor disco de música popular brasileira de todos os tempos.

O grupo Novos Baianos teve origem na Bahia no fim da década de 1960 e influenciou a vida de muitos compositores. Marcaram o cenário musical brasileiro, utilizando uma mistura rítmica de vários gêneros como a bossa nova, o choro, o rock e o baião. 

Moraes teve uma brilhante carreira solo, tendo gravado mais de quarenta discos. Sucessos como Festa no interior, parceria com Abel Silva, Meninas do Brasil, parceria com Fausto Nilo, estarão tocando para alegria de futuras gerações.

As canções do disco Acabou Chorare, a maioria em parceria com Galvão, já são eternas. Assisti Moraes Moreira várias vezes em shows no Circo Voador e, o último,  no Parque das Ruínas em Santa Teresa.

Vivemos tempos sombrios demais, coincidência ou não, desde que esse governo assumiu, uma pressão negativa na atmosfera tenta nos manter presos à inércia.

Aí vem a notícia da morte de alguém que trouxe alegria, união e fraternidade para esse mundo. Quem não queria ter vivido um dia na vida dos Novos Baianos?

Temos que nos libertar desse fardo baixo astral, abrir a porta e a janela e ver o sol nascer, porque no canto do cisco, no canto do olho, a menina dança e se você fecha o olho a menina ainda dança.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247