Alexandre Frota em: Gang Bang no tribunal

O TSE emitiu o atestado de óbito da democracia, ao impedir o povo de votar no candidato que lidera todas as pesquisas de intenção de voto, e o próprio, ao aceitar como impugnantes da candidatura do maior líder político da história desse país, um ator pornô e um ídolo teen K Pop neo liberal

Alexandre Frota em: Gang Bang no tribunal
Alexandre Frota em: Gang Bang no tribunal

Apesar de ter a sua candidatura impugnada pelo TSE, Lula não está inelegível. Não de fato. Como ele mesmo disse, ele é uma ideia. Uma ideia quando se espalha, não se pode impugnar ou torná-la inacessível a outros. Fernando Haddad e Manuela D'avila, estão encarregados de dar sequência ao projeto político que, se não foi perfeito, foi aquele que mais aproximou o país da igualdade social. A ideia de justiça social não morreu e não morrerá nunca. Ainda que seja utópico imaginar um mundo igual para todos, tendo como atmosfera o espírito escravizador do capitalismo.

Não tenho dúvidas de que Lula está triste. Mas, não derrotado. A sua trajetória política sempre incomodou a elite, justamente por causa da sua resistência e da sua capacidade de reinventar-se. As adversidades sempre estiveram presentes em sua vida, tanto na pessoal, quanto na pública. E ele as superou com garra e coragem, em nome de sua ideologia. Cometeu erros como qualquer um de nós cometemos. Fez alianças que lhe custaram a perda da confiança, por parte de muitos de seus eleitores. Talvez tenha se perdido por aí.

Qualquer um que se atreva a bater uma bolinha no campo da política, deve saber que o terreno é irregular e o verde do gramado é artificial. Assim como no futebol, o adversário de hoje pode ser o seu companheiro de time amanhã. Lula jogou o jogo como ele deve ser jogado. E como todos jogam. Todos. Sua habilidade política promoveu uma mudança no país. No seu governo, pobres ganharam e ricos não perderam. Esse foi o grande problema.

Para aqueles os quais os privilégios foram sempre destinados, observar que os mais pobres estavam dando passos mais largos rumo a dignidade, causou-lhes uma sensação de perda e uma diminuição no seu status quo. Recordo-me de um artigo assinado pela Jornalista Danuza Leão, no qual ela lamentava o fato de que, qualquer um agora poderia ir a Paris ou a Nova York. "Ir a Nova York já teve sua graça, mas, agora, o porteiro do prédio também pode ir, então qual a graça?", dizia um trecho de seu artigo.

A perseguição a Lula está fundamentada na insatisfação da elite golpista, que viu os "seus espaços" serem ocupados por aqueles que eles sempre subjugaram. Como manter a superioridade sobre alguém que passou a frequentar a mesma sala de aula, o mesmo saguão de aeroporto, a mesma loja de shopping, a consumir os mesmos produtos e a ter acesso a outros bens de consumo, que antes eram um divisor de águas entre as classes sociais? Não pode! Tá errado! Precisamos fazer justiça.

Ao aceitar a impugnação da candidatura de Lula, o TSE correspondeu as expectativas dessa elite, que sempre soube que as benesses da justiça, era um dos privilégios que eles sempre detiveram. Entre os impugnantes da candidatura de Lula, estão, entre outros, Alexandre Frota e Kim Kataguiri, ambos candidatos a deputado federal. Elis Regina diria que: "Tá cada vez mais down o high society". Eu digo, que está cada vez mais partidária a nossa justiça. Aécio Neves, por exemplo, não teve sua candidatura impugnada, mesmo existindo provas de seu envolvimento em corrupção passiva e outros desvios de conduta.

Mas, como esperar coerência e virtude por parte de uma corte, cujo um dos membros cita Alexandre, ao proferir o seu voto. Não Alexandre, o grande, rei da Macedônia, nem Alexandre Dumas, autor de "Os três mosqueteiros". Mas, Alexandre, o Frota, grande ícone do entretenimento adulto nacional. Frota, embora muitos o critiquem e até usem termos pejorativos para desqualificá-lo como profissional , não é um idiota qualquer. É um cara que tem uma boa formação artística, é diretor e roteirista, além de ator. E sua qualificação não se deu na indústria pornográfica. É justamente por isso, que ele não deveria ser citado numa corte de justiça. Sua ideologia política, assim como a sua arte, são volúveis. Quem pagar mais, leva o seu talento e o seu senso de justiça e de moral.

O TSE emitiu o atestado de óbito da democracia, ao impedir o povo de votar no candidato que lidera todas as pesquisas de intenção de voto, e o próprio, ao aceitar como impugnantes da candidatura do maior líder político da história desse país, um ator pornô e um ídolo teen K Pop neo liberal. Para completar a festa, aguardo o dono do Bahamas, Oscar Maroni - que também é candidato a deputado federal - pendurar a foto da procuradora Raquel Dodge e do Ministro Barroso, na fachada de seu prostíbulo e liberar uma rodada de chuva dourada grátis. Parece que justiça brasileira aderiu ao gang bang. Só falta substituir a toga por uma camisinha.

Se não pode Lula, vamos com Haddad! Só não podemos deixar de ir.

Viva a resistência!

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247