“Antagonista” chama nordestinos de “bois” e Nordeste de “curral”

Esse comentário afronta a lei Caó, nº 771/89, que define crimes de racismo. Essa lei foi criada há exatos 28 anos e define os crimes resultantes de preconceito racial. A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência

Esse comentário afronta a lei Caó, nº 771/89, que define crimes de racismo. Essa lei foi criada há exatos 28 anos e define os crimes resultantes de preconceito racial. A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência
Esse comentário afronta a lei Caó, nº 771/89, que define crimes de racismo. Essa lei foi criada há exatos 28 anos e define os crimes resultantes de preconceito racial. A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência (Foto: Eduardo Guimarães)

Antagonista é um site de política de direita que nasceu financiado pelo antigos governos tucanos de Minas Gerais. É um site que conta com as duas figuras mais ferozes da antiga revista Veja – hoje, em processo de civilização –, Diogo Mainardi e Mario Sabino.

O obscuro veículo abusa do verbo porque Mainardi está foragido no exterior para não ter que responder a uma profusão de processos. Talvez por isso tenha ousado ofender uma região inteira do Brasil e todo seu povo.

Às 6 horas e 49 minutos da manhã desta quinta-feira, os dois autoproclamados “antagonistas” – de quem? – fizeram o seguinte “comentário“:

Os bois voltaram para o curral

Brasil 16.02.17 06:49

O Nordeste ainda é o curral eleitoral de Lula.

Entre os nordestinos, ele tem 58,2% dos votos, de acordo com a pesquisa CNT/MDA.

No Sul e no Sudeste, ele já foi enterrado.

Não há muito mais o que dizer. É inaceitável. Esse comentário afronta a lei Caó, nº 771/89, que define crimes de racismo.

Essa lei foi criada há exatos 28 anos e define os crimes resultantes de preconceito racial. A legislação determina a pena de reclusão a quem tenha cometidos atos de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência.

O abuso foi tanto que, às 14:27 horas desta mesma quinta-feira, cerca de sete horas depois da ofensa a dezenas de milhões de brasileiros, Mainardi e Sabino trataram de se justificar. http://www.oantagonista.com/posts/curral-eleitoral-existe-o-curral-politicamente-correto-tambem

Como se verá a seguir, o insulto foi curto, mas explicação mal-ajambrada, teve que ser comprida, como toda tentativa de explicar o inexplicável.

antagonista 1

Os dois tentam se explicar. Dizem:

“Chegaram reclamações de leitores do Nordeste sobre o fato de termos usado a expressão “curral eleitoral”.

O Antagonista se recusa a trancafiar a língua no curral politicamente correto.

‘Curral eleitoral’ é uma expressão surgida na República Velha, assim como ‘voto de cabresto’.”

Respondo: e daí que o preconceito desses indivíduos é velho? A escravidão também é e nem por isso se tornou aceitável com o passar dos anos.

Quero dizer ao senhores Diogo Mainardi e Mario Sabino, os dois ofensores do “Antagonista”, que, apesar de eu não ser nordestino – sou paulistanos, filho, neto, bisneto e tetraneto de paulistanos –, como cidadão brasileiro exijo que respeitem esse povo tão culto, sábio, alegre, bonito e respeitável.

Criem vergonha nessa cara. Racismo é crime.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247