Apocalipse na Educação do Rio de Janeiro

Muitos discentes estão sendo vendados através das politicas faraônicas dentro destas Unidades Escolares, que "massacram" os docentes, e tentam jogar areia nos olhos destes desavisados alunos que trocam ensino de qualidade, com professores bem remunerados, por "quadra esportiva caiada"

Apocalipse na Educação do Rio de Janeiro
Apocalipse na Educação do Rio de Janeiro (Foto: Mayke Toscano/Governo de Mato Grosso)

Eu pude ouvir o som advindo de vozes que aprenderam a não aprender, durante os muitos anos de degradação em salas de aula dos Colégios Estaduais do Rio de Janeiro. E aí perguntamos: Por quê? De quem seria a culpa? Quem jogou o aluno público no lixo, quem é coautor de esta já citada DEGRADAÇÃO - Muito lamentável ser testemunha ocular de tal desmonte.

"O canto desafinado", "A preocupação com estereótipos", "A pressa em ir para casa assistir a Malhação", e outras amenidades fazem parte do dia-a-dia de alunos e mesmo de professores do Estado do Rio de Janeiro. E são estas mesmas amenidades que ocorrem também nos bastidores, nas Secretarias, nas salas de direção; lá nestes redutos tidos como educacionais, só se conhece; na maioria das vezes; os atos robóticos de perseguição ao professorado, que no exemplo do Estado do Rio de Janeiro, não recebe sequer reajuste há quase cinco anos.

As Escolas estão sendo desmontadas, e transfiguradas em verdadeiros claustros de pessoas que não tem voz, nem vez, realmente independe de sigla partidária a situação viciada, que faz de gestores, professores e alunos apenas um detalhe que os relega a "Zeros à esquerda"; ou androides, que obedecem a ordens disparatadas e agora quase nazistas; e na maioria das vezes precisam vender quinquilharias, ou se valer de outros meios alternativos para completar a renda mensal para a sobrevivência no país da impunidade.

O Sindicato está moribundo, já vi advogados pertencentes a esta INSTITUIÇÃO maltratando professores que recorrem ao órgão que poderia ser a grande porta voz de uma classe que é à base de um país: No ano de 2019, os professores da Rede em questão, estão até mesmo sendo obrigados a trabalhar aos sábados; existem professores que não receberam valores de quinquênio, e valores de enquadramento por progressão em relação a pós-graduações, mestrados e outros níveis de formação.

O Apocalipse não virá do Céu, ele virá dos HOMENS comprometidos com o seu desejo eterno por poder.

Ademais existem as represálias a que muitos professores estão sendo submetidos por suas posições humanistas dentro das malhas – já contaminadas – de uma Secretaria composta em seu ápice por desumanos chefes, que possuem a missão pragmática de "cortar a cabeça" de uma classe tão imprescindível para a formação de uma sociedade igualitária e culta. A educação se encontra em fase de obscurantismo, e pede socorro através de mentes brilhantes, que no hoje se arrastam como zumbis chantageadas por um elenco de desmandos advindos de uma medievalidade vigente.

Muitos discentes estão sendo vendados através das politicas faraônicas dentro destas Unidades Escolares, que "massacram" os docentes, e tentam jogar areia nos olhos destes desavisados alunos que trocam ensino de qualidade, com professores bem remunerados, e projetos de leitura, teatro, e outras ferramentas beneméritas para a Educação por "quadra esportiva caiada".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247