BBC News Brasil divulga informação falsa sobre políticas de preços da Petrobras

Em artigo divulgado hoje (19/12) a BBC News Brasil , por falta de conhecimento ou por má fé, comete erro grave ao tentar explicar a atual política de preços da Petrobras

Sede da Petrobras no Rio de Janeiro
Sede da Petrobras no Rio de Janeiro (Foto: REUTERS/Sergio Moraes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Em artigo divulgado ontem (19/12) a BBC News Brasil , por falta de conhecimento ou por má fé, comete erro grave ao tentar explicar a atual política de preços da Petrobras (aqui).

O artigo inicia com uma correta analise de comparação dospreços dos combustíveis no Brasil em relação a outros países. Faz uma observação muito pertinente a que poucos estão atentos que reproduzo a seguir :

“Vale lembrar, contudo, que o ranking é baseado nos valores doscombustíveis em dólar – e não leva em conta o poder de compra dos países listados.

Assim, ainda que o Brasil ocupe posições intermediárias, o pesoreal do combustível no bolso do consumidor brasileiro é muito maior do que em muitos países desenvolvidos – onde a gasolina e o diesel são mais caros, mas o salário mínimo também tende a ser maior”.

O artigo se perde quando tenta responder à pergunta : “Masseria possível reduzir o preço dos combustíveis ? “ onde faz uma afirmação surpreendente e totalmente falsa:

“Entre 2014 e 2017 , a Petrobras acumulou mais de R$ 70bilhões em prejuízos , resultados que são atribuídos, não só aos desvios por corrupção revelados pela Operação Lava Jato, mas também `a política de preços controlados”

Ora, os prejuízos acumulados no período 2014/2017 não foramcausados por corrupção e muito menos por preços controlados. Os prejuízos foram causados pelos “impairments”, que são ajustes contábeis sem efeito no caixa da a empresa.

O chamado “controle de preços” ocorreu do final de 2009 atémeados de 2014. A partir daí não houve mais “controle”.

Quem entrar no site da Petrobras vai encontrar balançospublicados desde 2006. Quem quiser conhecer mais vai verificar que a companhia registrou lucros constantes de 2006 a 2013. Quem quiser analisar melhor ainda vai verificar que no período do chamado “preço controlado” (2009/2013) a empresa apresentou os maiores lucros e as maiores gerações de caixa de sua história. Nunca teve problemas financeiros, registrando uma Liquidez Corrente sempre acima de 1,5.

Infelizmente, um artigo que começou muito bem, perde ocontrole ao utilizar informações falsas, e consequentemente chegando a conclusões erradas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247