Bolsonaro prepara um golpe militar?

"O isolamento político de Bolsonaro lhe fez crescer a gana para um golpe, é contraditório, mas tem uma lógica cruel, que pode funcionar, além do vírus, o verme, atacam um vazio de ações políticas", escreve o colunista Arnóbio Rocha. "O golpe está nas ruas, vai se materializar, por entre os caixões e UTIs do Brasil"

(Foto: Júlio Nascimento - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Mais um Crime de Responsabilidade de Bolsonaro, hoje, 19/04, foi ao Quartel General do Exército e fez a defesa do AI-5, contra a democracia, no meio de uma aglomeração de apoiadores, que chamaram a manifestação contra o Congresso e contra o STF, no dia do Exército.

Bolsonaro quer a ruptura da Democracia de qualquer jeito. Perdeu qualquer diálogo com os demais poderes, legislativo e judiciário, com os governadores e prefeitos.

Acuado politicamente, Bolsonaro parte para um golpe clássico, se apresentando como salvador da pátria, contra os políticos, que atrapalham seu mandato.

A plataforma econômica é uma fraude, de que a economia estava em pleno voo, que a pandemia foi a forma de golpeá-lo, de que há interesses escusos no isolamento social. Que isso trará gastos públicos e ele não se responsabilizará pela queda da economia, e que a culpa é dos perfeitos e governadores.

É discurso raso, fácil e direto, simples de ser assimilado, sem que haja um contraponto a ele.

Qual a base de apoio para uma aventura golpista, de fechar e emparedar as instituições?

Nas forças armadas, aparentemente, só conta com o apoio de parte do exército, o que explica tantos generais em ministérios e cargos chaves da República, é quase uma “compra” de apoio, se cerca de generais, nenhum deles com pendores democráticos.

Os políticos e figuras públicas que o apoiam são as vivandeiras da ditadura e que desprezam a democracia, gente medíocre co certo apoio midiático, como Moro, um juiz que rasgava a constituição e as leis.

Na outra ponta, Bolsonaro e sua família, alimentam uma horda de fascistas/canalha e insana na internet, redes sociais, os velhos dos patos da Paulista, Leblon, Aldeota, Asa Sul, etc.

As carreatas e manifestações dão vida real ao delírio, dizem combater o tal “plano secreto” de Maia, Dória e STF. O ódio ao PT azeita a paranoia dessa escumalha.

Os números de popularidade são confusos, mas lhe garantem sobrevida e que permitem que manipule uma parte da população em apoio ao Golpe.

Há um cálculo feito por Bolsonaro e seu Protetorado de que se demorar muito a dar o Golpe, não terá força para executar a arriscada manobra.

Todos os limites de Responsabilidade foram ultrapassados, ninguém, institucionalmente, lhe faz freio, essa é uma enorme vantagem, age de mãos livres e pauta o debate, de forma completamente desfocada da realidade.

Todas as forças democráticas e responsáveis do país, de toda matiz política, da direita à esquerda, passando pelo centro, estão preocupadas com a tragédia social de uma pandemia que pode se descontrolar.

O isolamento político de Bolsonaro lhe fez crescer a gana para um Golpe, é contraditório, mas tem uma lógica cruel, que pode funcionar, além do vírus, o verme, atacam um vazio de ações políticas.

Há que se encontrar um freio, ou melhor se dar por perdido, o Golpe está nas ruas, vai se materializar, por entre os caixões e UTIs do Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247