Bolsovírus. O que fazer? Como eliminá-lo?

“O terrível bolsovirus se espalha. Cabe aos anticorpos da cidadania eliminar sua eficiência letal”, escreve o subprocurador da República Alvaro Augusto Ribeiro Costa, em artigo publicado no Blog Marcelo Auler

(Foto: Carolina Antunes - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Marcelo Auler, em seu Blog e para o Jornalistas pela Democracia - Ao constatar que o Brasil, paralelamente ao drama sanitário que vivencia, como de resto a humanidade, é obrigado ainda a conviver com o chamado “bolsovírus”, o subprocurador da República Alvaro Augusto Ribeiro Costa, em artigo que encaminhou ao Blog Marcelo Auler, alerta: “O terrível bolsovirus se espalha. Cabe aos anticorpos da cidadania eliminar sua eficiência letal”. Em seguida, questiona: “O que fazer e como?”.

Ele próprio indica caminhos como “diversas ações constitucionais, politicas, jurídicas, criminais, civis, administrativas, tributarias e financeiras, econômicas e sanitárias existem à disposição da cidadania – cada um e todos, pessoas físicas e jurídicas, associações e empresas, cidadãos e autoridades públicas – para o devido combate ao foco do bolsovirus.”.

Avançando, defende que “toda e qualquer iniciativa individual ou coletiva tornou-se cabível, legitima e necessária,  especialmente do ponto de vista sanitário – isolamento, desinfecção, quarentena, afastamento, distanciamento de pessoas e lugares, interrupção da atividade ilícita, danosa e/ou perigosa, interdição de uso de bens públicos, meios de comunicação públicos e/ou privados”.

Por dever de ofício, ele lembra que nosso Código Penal estipula, em seu art. 23 que não existe crime quando o agente pratica o fato “em Estado de necessidade e em Legítima defesa.

Leia o artigo de Alvaro Augusto Ribeiro Costa aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email