Boris Johnson impediu Zelensky de assinar acordo de paz com a Rússia

Correspondente Nathalia Urban aponta o papel do Reino Unido na guerra contra a Rússia

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, caminham na praça Mykhailivska, em Kiev
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, caminham na praça Mykhailivska, em Kiev (Foto: Serviço de Imprensa da Presidência da Ucrânia/Divulgação via REUTERS)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O líder do partido Zelensky no parlamento ucraniano e chefe da delegação ucraniana nas conversações Ucrânia-Rússia confirma que o acordo de paz poderia ter sido alcançado na primavera de 2022 se a Ucrânia concordasse com a neutralidade.

Ele disse que a Rússia estava pronta para acabar com a guerra nesse caso e que a neutralidade ucraniana era a principal condição russa. 

continua após o anúncio

Ele também confirmou que os países ocidentais disseram a Zelensky para não assinar um acordo de paz, principalmente o ex-premier britânico, Boris Johnson.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247