Brasil, coração do mundo e pátria do Evangelho

Anotem para conferir depois: novos escândalos deverão vir à tona dentro em breve, envolvendo figuras dos três poderes e alterando os rumos dos acontecimentos, contribuindo para antecipar a queda do governo Temer

Michel Temer nos corredores do Palácio do Planalto
Michel Temer nos corredores do Palácio do Planalto (Foto: Ribamar Fonseca)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Em meados do século XX o saudoso médium Chico Xavier psicografou um livro, ditado pelo espírito do escritor Humberto de Campos, que se transformou num dos clássicos da literatura espírita: "Brasil, Coração do Mundo e Pátria do Evangelho". Nesse livro o autor relata o descobrimento do Brasil sob a ótica espiritual, com informações que não constam da história oficial. Entre outras coisas ele revela que o nosso país, antes mesmo da sua descoberta por Cabral, foi escolhido por Jesus, durante uma assembleia de espíritos superiores na atmosfera do nosso planeta, para ser o coração do mundo e pátria do Evangelho. Muito triste com os conflitos sangrentos deflagrados em seu nome, que ceifaram milhares de vidas no Velho Mundo, Jesus decidiu transplantar para as terras brasileiras as raízes do seu Evangelho. Na oportunidade Ele disse que o povo brasileiro, resultado da miscigenação de europeus, negros e índios, teria como marca a fraternidade. E nosso povo realmente ficou reconhecido, no mundo inteiro, como um povo alegre e fraterno, que recebe a todos de braços abertos, como fez recentemente com os refugiados.

Já faz algum tempo, no entanto, que se percebeu uma profunda mudança no comportamento do brasileiro, que passou a exibir um coração endurecido. Os adversários se tornaram inimigos, o debate de idéias deu lugar aos insultos e ofensas e o diálogo foi substituído pela agressão física. Qualquer um que pense de modo diferente está correndo riscos e ninguém mais tem segurança. Até autoridades, como os ministros do Supremo Tribunal Federal, são hostilizados e ameaçados quando tomam uma decisão que desagrada os partidários do lado contrário. Parece que todo mundo esqueceu a recomendação do Cristo: "Amai-vos uns aos outros". E, para completar, o Brasil está hoje sob o controle de uma quadrilha que assaltou o poder, segundo denunciou o próprio Ministério Público Federal, destruindo todas as conquistas sociais dos últimos anos, leiloando nossas reservas de petróleo e fazendo o Brasil retornar à condição humilhante de dependente dos Estados Unidos. Cabe, então, a pergunta: se o Brasil está sob a tutela de Jesus por que Ele permite tudo o que está acontecendo de ruim?

Sabemos todos que nada acontece sem a permissão de Deus, que sabe até quando cai a folha de uma árvore. Então, como se explica a permissão para Temer destroçar a nossa Nação? Na verdade, Deus tem poderes para mudar tudo com um leve sopro, mas Ele respeita o nosso livre arbítrio, que podemos usar para o bem ou para o mal. Assim, responderemos por todas as nossas ações, recebendo o bônus pela prática do bem ou pagando o ônus pela prática do mal. Deus não precisa interferir hoje, como fez em Sodoma e Gomorra, para punir os maus e mudar os rumos do país. Ele tem meios para alterar todo esse panorama sem que seja percebido, apenas mexendo nas pedras certas do tabuleiro. Se, porém, ainda permite, por exemplo, a continuidade do governo Temer é porque o processo de depuração, que se acelerou nos últimos tempos, ainda não foi concluído. Tem muita coisa ainda para acontecer, desmascarando pessoas até agora acima de qualquer suspeita, como aconteceu com os Marinho, da Globo, que destruiram muitas reputações e agora foram flagrados praticando o mesmo crime que vinham condenando nos outros. E com certeza ainda vem mais coisa por aí.

Jesus disse, segundo revela Humberto de Campos em seu livro, que o Brasil, sob a sua proteção, jamais seria fragmentado. Com efeito, mesmo com a ação da pirataria inglesa, francesa, holandesa e espanhola, que aterrorizava os mares no período colonial, o Brasil não perdeu um centímetro do seu território, mantendo intacta a sua forma de coração. A espiritualidade superior, sob a orientação de Jesus, não está alheia ao que acontece em nosso país. Muito pelo contrário, vem acompanhando atentamente todas as ocorrências, principalmente aquelas planejadas e deflagradas pelos espíritos das trevas, e tomando as providências necessárias para anulá-las. Nada acontece por acaso. Tudo faz parte do processo de aprendizado e amadurecimento do Brasil, dentro do mecanismo de transição da Terra, ora em movimento, que fará o nosso planeta ser elevado a mundo de regeneração, quando a violência praticamente será banida e a vida será mais tranquila em nosso globo. Muita gente certamente não acredita nisso, mas a espiritualidade superior não precisa da aprovação do homem para fazer o que é necessário.

Anotem para conferir depois: novos escândalos deverão vir à tona dentro em breve, envolvendo figuras dos três poderes e alterando os rumos dos acontecimentos, contribuindo para antecipar a queda do governo Temer. Novos personagens deverão surgir no cenário político e administrativo nacional, protagonizando fatos que deverão produzir sensíveis mudanças em postos de comando, especialmente em ministérios. Haverá tentativas para o cancelamento das eleições de 2018, mas chegará o momento em que o povo, indignado, ocupará as ruas de maneira tão explosiva que o movimento não mais será ignorado pela mídia. E uma das causas dessa explosão popular será a tentativa de prisão do ex-presidente Lula, para impedi-lo de concorrer às próximas eleições presidenciais. A julgar pelos sinais, não está distante a hora da grande mudança, mesmo contrariando a mídia e a elite. O Brasil, afinal, não pode mais continuar refém de corruptos, de justiceiros e dos interesses estrangeiros.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247