Chico poderia responder a Bolsonaro: “Dinheiro não lhe emprestei / Favores nunca lhe fiz/ Não alimentei o seu gênio ruim

Deixando claro o seu lado, Bolsonaro dá passaporte diplomático a parentes de suspeito da morte de Marielle, mas não assina o certificado do Prêmio Camões, outorgado merecidamente para Chico Buarque de Holanda

(Foto: Mídia NINJA | PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Deixando claro o seu lado, Bolsonaro dá passaporte diplomático a parentes de suspeito da morte de Marielle, mas  não assina o certificado do Prêmio Camões, outorgado merecidamente para Chico Buarque de Holanda.

Sobre o ato mesquinho, de quem nada tem de estadista, o cantor, compositor e escritor respondeu na lata: “A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo Prêmio Camões”.

Na resposta direta e reta, Chica poderia acrescentar parte da sua letra em “Injuriado”: “Dinheiro não lhe emprestei / Favores nunca lhe fiz/ Não alimentei o seu gênio ruim.

Ao não ter o diploma assinado por bolsonaro, fixa claro que Chico está do lado certo da história. Sempre.

Ao contrário de Bolsonaro, Lula, assim que soube da premiação enviou uma mensagem (foto na capa do post), parabenizando Chico e ainda dando uma catucada na Globo, aquela que contribuiu e muito para a eleição do coiso.

O prêmio Camões, honraria máxima da literatura em língua portuguesa, foi atribuído a Chico Buarque por unanimidade por jurados de Brasil, Portugal, Moçambique e Angola, escolheu o artista brasileiro por unanimidade.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247