Cinquenta tons de corrupção em território azul, branco e vermelho sangue

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

E agora "Brazil"? O que será do teu destino? A preocupação é com o que chamo de “massa-de-manobra inconsciente”, já que a categoria “consciente” sofre; mas berra. A elite e a burguesia são minoria em termos demográficos, porém em termos capitalistas, ambas se constituem em "o coronelismo” certo para a “senzala” perfeita.

O perigo consiste acaso à guisa do processo de osmose, aqueles que são "inalienáveis cidadãos do bem", possam (corrompidos ou obrigados) migrarem para o meio mais concentrado do “soluto fascista”. Seria talvez o fim da Resistência no Brasil neocolonial, que agora, inclusive já ordena a médicos que chamem a polícia, em caso de estupro de menores, em face da necessidade de um possível aborto...  

Outro fator retroalimentador do sistema corrupto, que gerencia a estrutura nacional: é a instituição e permanência do foro privilegiado, que negligencia sobremaneira o direito constitucional; uma conduta  que nem a “metrópole mãe” professa.  

A corrupção possui muitos matizes, e agora viver no Brasil é como viver em um Campo de Concentração. Conheço um professor que tem medo até de colocar seu CPF para assinar reinvindicações justas a favor de campanhas judiciais (via net). Aquelas que visam angariar quórum para causas nobres. Ele até afirmou (isso, ingênuamente) para a direção de seu Colégio Estadual. A situação de opressão chegou a este ponto. O mal campeia, matando e afanando dos que procedem certo: lhes soçobrando apenas o chicote do assédio.

As pessoas estão perdendo o poder de reger seus pensamentos, e as investigações a respeito de atos de corrupção no país, valem para uns, e não valem para outros. Esta forma de julgar com parcialidade capitaneada por interesses políticos sempre ocorreu na face do mundo dito civilizado, mas agora a prática corporativista ficou bem mais empoderada.

E as bolhas de resistência onde o líquido podre da corrupção ativa e passiva (incluindo as fake News) ainda não conseguiu penetrar para tornar a oxidação fascista possível: são poucas, pois estão sendo bem nutridas pelo leite da sanidade política que visa o bem comum.

Em tempos de guerra, nunca pare de lutar. Esse é o bordão peculiar do bom guerreiro, que ainda existe para combater o bom combate, aquele bom combate que o apóstolo Paulo de Tarso: segundo as Escrituras Sagradas lutou. E quando ele terminou a batalha, deixou escrito: “Combati o bom combate, acabei a carreira, e guardei a fé...” 2 Timóteo 4:7-8.  

-

#BRASILLIVRE

#leiabrazilevirebrasil

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247