Ciro atira em si mesmo ao criticar duramente Lula

"O presidente do seu partido, Lupi, já sinalizou que Ciro não fala em nome do PDT quando faz esses ataques a Lula. Fala sozinho. Aliás, Ciro é um protagonista importante da recente história política brasileira, mas está trabalhando firme para ficar falando sozinho", escreve o jornalista Renato Rovai

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Renato Rovai, na Fórum

Ciro Gomes tem uma história no campo progressista bem acima da média. De 2003 a 2018 esteve na centro-esquerda e apoiou os mandatos de Lula e Dilma. Foi um guerreiro no mensalão e na luta contra o golpe de Dilma. Foi ministro de Estado e chegou a ser cogitado pra vice de Lula em 2018, podendo ter se tornado o cabeça de chapa na sequência.

Ciro associou-se ao PT ajudando a eleger e reeleger Camilo Santana, do partido, ao governo do Ceará.

Ciro foi o ministro de Integração de Lula e seu irmão, Cid, o da Educação de Dilma.

Quando diz que Lula é o maior corruptor da história moderna do Brasil, Ciro aponta para si mesmo.

Foi quando, Ciro? Depois que saiu do governo? Ou foi de 2003 a 2010, quando você estava no governo?

Mesmo assim você apoiou Dilma em 2010 e depois deixou o PSB para apoiá-la na reeleição ao invés de ficar com Eduardo Campos e Marina Silva. Que sentido faz ter feito tanto esforço já em 2014 para ficar com um corruptor?

Ou Ciro mentia para o eleitor quando apoiava Lula e seu projeto de 2003 a 2016, ou até 2018 antes de ficar de fora do 2º turno, ou mente hoje. Não existem duas verdades neste caso.

Não se pode estar por 15 anos com um corruptor e depois fazer de conta que não sabia de nada.

O que Ciro ganha com isso? Nada. Ele imagina que ao atacar Lula terá votos do bolsonarismo, mas esse segmento da população conhece essa história que acabei de contar. Sabe que ele foi unha e carne com o PT durante o período que o partido foi poder. Ciro não era um político menor. Era alguém que ajudava a tomar decisões. O eleitor de direita não será enganado com gargantadas.

Isso por um lado.

Por outro lado, Ciro se afasta do eleitor progressista que tem críticas pontuais a Lula e ao PT. Que não gostaria de votar de novo no partido num primeiro turno nessas eleições. Mas que ao mesmo tempo não está disposto a jogar a criança fora junto com a água suja da banheira. É responsável.

A conta de Ciro não fecha pra cima com declarações como essas. Pelo contrário, ele só vem caindo nas pesquisas. Ele teve 12% votos em 2018 e no último DataFolha apareceu com 6%. E o presidente do seu partido, Lupi, já sinalizou que Ciro não fala em nome do PDT quando faz esses ataques a Lula. Fala sozinho. Aliás, Ciro é um protagonista importante da recente história política brasileira, mas está trabalhando firme para ficar falando sozinho.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email