Ciro Gomes: discurso direitista , antipetista, leva o bolsonarismo para o segundo turno

www.brasil247.com - Ciro Gomes
Ciro Gomes (Foto: Reprodução/Facebook)


Segunda-feira de ressaca: fim do primeiro turno das eleições presidenciais. O resultado do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) diagnosticou erros acentuados nas pesquisas que dava por sua vez, vitória ao ex presidente Luíz Inácio Lula da Silva (PT). 

A pergunta que não quer calar: o que emergiu essa extrema direita no Brasil? Os debates foram um termômetro ainda polarizada entre Lula e Bolsonaro, mas marcada por bravatas , bordões, show de horrores. 

De um lado,  Soraya Tronicke (UNIÃO), Simone Tebet (MDB) representaram a voz feminina com uma intenção clara: angariar votos do público feminino atuando com uma narrativa ofensa contra Bolsonaro. Pensando especialmente na atual rejeição do presidente com as mulheres , majoritariamente. 

A terceira via: Ciro Gomes (PDT)  acabou atuando como uma espécie de cabo eleitoral pró Bolsonaro, fazendo fortes críticas a Lula e ao PT em todo processo eleitoral. Em tom mais brando, a famigerada corrupção tão citada por Ciro ganhou novas cores e nuances . 

Imoveis, rachadinha, vacinas, mortes, as diversas denúncias recebidas pela família Bolsonaro, o pedestista simplesmente tratou de pensar em estratégia, escolhendo um lado, o de Bolsonaro. 

Atrair os partidos de direita e centro direita foi mecanismo de narrativa usado, especialmente no debate. O tiro saiu literalmente pela culatra: Ciro se perdeu no meio do caminho e começou a flertar com um bolsonarismo, entre aspas, “ponderado”.

Ao final do resultado deste último domingo (02) , Ciro obteve 3% nas intenções de voto, caindo uma posição, ocupada por Tebet que terminou com um percentual de 4,2%. 

Com uma projeção de angariar votos das extremidades emergiu o bolsonarismo. Dados os números finais que deixaram Lula a 2 pontos de uma eleição presidencial, enquanto Bolsonaro se manteve com pouco mais de 44%. 

RESUMO DA OBRA! 

O eleitorado de Ciro foi migrado para Bolsonaro. No jogo do bate e assopra, o democrático de boas intenções foi esvaído por uma palidez de ideias e consequentemente uma necessidade desesperadora de promover um nicho distante da democracia, da liberdade, do respeito, da dignidade. Quem perdeu no primeiro turno foi a democracia e Ciro Gomes tem grande participação nesse processo. 

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247