Crise

"Estão reconstruindo a senzala… Temos de tomar a casa grande", afirma o autor

Casos de coronavírus aumentam no País
Casos de coronavírus aumentam no País (Foto: Alan Santos - PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

OK! Não temos mais o governo popular que tiraria de letra essa crise capitalista.

Não temos mais pleno emprego, agora há cerca de 50 milhões de brasileiros desempregados ou em trabalhos precarizados.

Não temos mais o mercado interno sólido, capaz de aguentar essa crise sem pânico.

A desvalorização da nossa moeda chegou a um nível de insustentabilidade comercial.

E as nossas reservas cambiais estão sendo consumidas pela incompetência da política econômica.

Não temos mais uma política de desenvolvimento industrial que passaria ao largo da crise no mercado de ações.

Não somos mais senhores da nossa indústria petrolífera, que passaria ilesa diante da crise provocada pelo embate  entre a Rússia e a Arábia Saudita. Tivesse a intenção que fosse.

Não temos mais a liderança política, a pujança econômica e a importância geopolítica que faria a voz do Sul ser ouvida no concerto das nações.

Não somos mais o gigante da América do Sul que equilibra a OEA, e que faz o gigante do Norte pensar antes de ameaçar o mundo.

OK! O Judiciário destruiu a grande indústria da construção civil que tínhamos em nosso território.

A ausência de política cambial está inviabilizando a indústria de manufaturados.

A política de envenenamento, via liberação indiscriminada de agrotóxicos, vai comprometer a exportação de commodities agrícolas.

E não adianta pensar que a destruição dos Biomas, principalmente, da floresta tropical, em favor da expansão do agronegócio, vai compensar o que esta insana política ambiental e agrícola está a produzir… só produzirá o genocídio indígena e o geocídio.

Ok! Os varejistas acreditaram que ficariam mais ricos sem o grande empresário, e fizeram uma aliança “economicida” com o neoliberalismo.

Isso sem contar toda a violência provocada pelo racismo da elite branca, e as orcrins cada vez mais próximas do establishment, de um jeito que ninguém ousa explicar.

E no meio de tudo isso surge essa pandemia, fruto do vírus transportado pela classe média e média alta.

E não podemos nos esquecer que estamos sob a lei que congela os gastos do governo por 20 anos, o que afeta, principalmente, os investimentos com educação e saúde.

Já que o presidente admitiu que as eleições podem ter sido fraudadas, ainda que, certamente, não o foram como ele pensa… vamos pressionar por novas eleições gerais e colocar no governo quem já provou que sabe governar o Brasil.

Estão reconstruindo a senzala… Temos de tomar a casa grande!

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247