CVM deveria investigar renúncia de Parente em pleno pregão

Foi um show para os especuladores e um desastre para os investidores e para a própria Petrobras

Presidente da Petrobras, Pedro Parente
Presidente da Petrobras, Pedro Parente (Foto: Valquer Bicalho)
Siga o Brasil 247 no Google News

Pedro Parente foi vendido como o executivo suprassumo da eficiência do modelo neoliberal pelo mercado.

Mas é incrível como até do ponto de vista do modelo neoliberal ele errou feio, pois agiu contrário à receita vendida pelos fanáticos mercadistas, vejamos:
Mudou a política de correção de preços dos produtos para alteração diária, causando instabilidade e insegurança, quando tudo que o mercado precisa é de estabilidade;

Atrelou os preços dos combustíveis ao dólar(ao barril de petróleo no mercado internacional que é cotado em dólar), usando um modelo de indexação, o que o é inconcebível pelos economistas do modelo neoliberal;

Com estas práticas ele deixou a empresa extremamente volátil no mercado acionário

PUBLICIDADE

Até sua saída foi fora do tempo.

Em vez de sair logo no início da pressão para estancar a crise que tinha nele o foco, resistiu. Quando a crise já estava amainada ele sai, causando mais instabilidade no mercado financeiro. Se Parente tivesse renunciado após o pregão no Ibovespa, o mercado acionário teria o fim de semana para se adaptar ao fato.

PUBLICIDADE

Inclusive a renúncia de Parente no meio do pregão do Ibovespa precisa ser investigada pela CVM.

Foi um show para os especuladores e um desastre para os investidores e para a própria Petrobrás.

PUBLICIDADE

E a mídia financeirista corroborou tudo, protegendo-o com sua parcialidade ou por falta de percepção crítica dos seus próprios agentes, levados por ela à condição de super executivos

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email