D. Pedro Casaldáliga vive!

"A quem interessam os boatos sobre a morte de figuras emblemáticas do campo progressista?", escreve a jornalista Denise Assis. "Hoje, para surpresa e estupor, veio a onda em torno da morte do bispo D. Pedro Casaldáliga, da prelazia de São Félix do Araguaia", completa

D. Pedro Casaldáliga
D. Pedro Casaldáliga (Foto: Servicios Koinonia / Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Denise Assis, para o Jornalistas pela Democracia 

A quem interessam os boatos sobre a morte de figuras emblemáticas do campo progressista? No sábado houve a disseminação da “notícia” absolutamente falsa sobre a morte de Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai, e figura querida e respeitada por todos que militam neste campo e no dos Direitos Humanos, mundialmente.

Hoje, para surpresa e estupor, veio a onda em torno da morte do bispo D. Pedro Casaldáliga, da prelazia de São Félix do Araguaia. Ali, naquele verdadeiro campo minado – e isto não é figura de linguagem, basta lembrar que o Araguaia foi o palco da guerrilha que o Exército só veio a reconhecer oficialmente com os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, incluída no Relatório Final da CNV.

Durante os anos de conflitos, - iniciados no final dos anos de 1960, com duração até 1974, quando foram dizimados, os militantes do PC do B travaram duras escaramuças com as forças regulares em plena selva. Os corpos dos que foram presos pelo Estado Brasileiro nunca jamais foram devolvidos aos seus familiares, e D. Pedro Casaldáliga teve papel preponderante nos conflitos, sempre se posicionando ao lado da população local e dos oprimidos.

Em resposta à boataria, a prelazia se pronunciou. Sim, é verdade que o bispo está com a saúde debilitada, mas D. Pedro Casaldáliga vive.

Segundo notícias de amigos, Dom Pedro Casaldáliga, (padre espanhol naturalizado brasileiro), de 92 anos, ordenado bispo em 1971, está passando por um momento delicado do ponto de vista de sua saúde. No entanto, causou surpresa no meio religioso progressista que essas notícias cheguem exatamente uma semana após os boatos sobre a morte de Pepe Mujica. 

Há um ano, quando houve a mobilização para o Sínodo Pan-amazônico, Casaldáliga, embora frágil e com idade avançada para dele participar, depositou nele a mesma esperança de quando, há quase meio século, por ocasião de sua nomeação episcopal, lançou o primeiro grito para chamar a atenção para os povos e igrejas da região Pan-amazônica.

Em 11 de outubro de 1976, na época da ditadura (1964-1985), foi para a prisão de Ribeirão Bonito, acompanhado pelo jesuíta João Bosco Burnier, para socorrer duas mulheres que alguns militares estavam espancando. O padre Burnier levou um tiro fatal na cabeça. O que se diz é que aquela bala tinha destino certo: a cabeça do bispo. Desde então, a peregrinação aos Mártires da Caminhada acontece todos os anos em julho. Tornou-se referência nacional de memória e libertação. A prelazia de São Félix do Araguaia fez circular a seguinte nota:

“Comunicado sobre a saúde do Bispo PEDRO CASALDÁLIGA

Diante de diversas notícias disparatadas sobre a saúde do bispo Pedro Casaldáliga, a Prelazia de São Félix do Araguaia informa que ele foi internado em São Félix já na semana passada com problemas respiratórios e agravamento do Parkinson. Como São Félix tem uma estrutura muito precária de atendimento à saúde, (nenhum dos dois hospitais tem UTI) os padres que acompanham o dia a dia de Pedro lá pensaram em transferi-lo para um lugar com melhores condições.   Os padres claretianos (a congregação à qual Pedro pertence) tem em Batatais, SP, uma estrutura de excelência para atendimento aos idosos e enfermos da congregação e eles se dispuseram acolhê-lo com todo o carinho.

Estava mais ou menos prevista para ontem, segunda-feira (27), a transferência dele em teco-teco. Só que houve um agravamento nas suas condições e o médico de São Félix avaliou que seria muito complicada esta transferência, e Pedro poderia não resistir a uma viagem nestas condições. Com isso foi suspensa e foi buscada uma UTI Aérea para a transferência. Isto acontecerá hoje a qualquer hora.

Vamos aguardar. Com um atendimento melhor pode se prolongar por mais algum tempo a sobrevida de Pedro. Vamos acompanhando com nossas orações e com nossas energias positivas.

A Prelazia de São Félix do Araguaia”

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247