Datafolha elege Lula e mostra que golpismo não dá voto

"Não dá mais para dizer que Alckmin não está trazendo votos para Lula. E dá para dizer que desconfiar das urnas e atacar o STF não dá voto", escreve Alex Solnik

www.brasil247.com - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert)


Por Alex Solnik 

Lula cresceu cinco pontos percentuais e Bolsonaro ficou estagnado entre o Datafolha de abril e o de hoje. 

Lula foi de 43% para 48%, voltando a pontuar como em dezembro de 2021. Bolsonaro tinha 26% e agora tem 27%. Ciro foi de 6% para 7%. Nulos, 7%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

São números de vitória de Lula no primeiro turno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre a pesquisa de abril e essa, Moro, que estava com 8%, desistiu; foi lançada oficialmente a chapa Lula-Alckmin; Lula casou; Bolsonaro investiu no discurso golpista; Doria também caiu fora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não dá mais para dizer que Alckmin não está trazendo votos para Lula.

E dá para dizer que desconfiar das urnas e atacar o STF não dá voto. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email