Datafolha mostra que vantagem de Lula segue estável, apesar do terrorismo da maquinaria fascista

"A manutenção da dianteira do Lula é um feito significativo, que reforça a perspectiva de vitória no próximo 30 de outubro", escreve Jeferson Miola

www.brasil247.com - Simone Tebet e Lula
Simone Tebet e Lula (Foto: Ricardo Stuckert)


Por Jeferson Miola, para o 247

A pesquisa Datafolha [7/10] mostra um cenário de estabilidade das tendências eleitorais em comparação com o resultado da votação em 2 de outubro. Na pesquisa, Lula tem 53% e Bolsonaro 47% das intenções de votos válidos, já expurgados os votos nulos e em branco.

Este resultado, semelhante aos levantamentos realizados por outros institutos no curso da semana, indica que Lula sustenta a vantagem obtida no primeiro turno.

Em 2 de outubro, Lula obteve 57.259.504 votos, recorde de votação por um candidato no primeiro turno, correspondente a 52,9% dos votos válidos. Já Bolsonaro teve 51.072.345 votos, equivalente a 47,1% dos válidos.

Como mostra a tabela, a pesquisa identifica desempenhos praticamente idênticos aos obtidos pelos dois candidatos na votação no primeiro turno:

tabela


Esta situação pode confirmar a hipótese de que Bolsonaro praticamente realizou no primeiro turno o desempenho que teria no segundo. Ou seja, que teria atingido seu teto.

Para crescer significativamente nos dias finais da campanha, Bolsonaro pode ter se beneficiado de alguns fenômenos, como a migração de votos úteis antipetistas da campanha bolsonarizada do candidato Ciro para ele, a eficácia da propaganda criminosa massiva nas redes sociais e o impacto das medidas demagógicas e eleitoreiras executadas nas últimas semanas.

A pesquisa também confirma a cristalização do cenário eleitoral, em que 93% dos eleitores já estão totalmente decididos em quem votar em 30 de outubro e 51% rejeitam Bolsonaro. A avaliação do governo militar subiu de 31% para 37%, possivelmente turbinado pelo derrame de dinheiro público para medidas demagógicas e eleitoreiras.

Em relação aos eleitores que votaram em Simone Tebet e Ciro Gomes no primeiro turno, que somaram 8.514.710 votos, a maioria opta por votar em Lula no segundo turno.

O Datafolha evidencia que Lula preserva o favoritismo para vencer a eleição. A manutenção da dianteira do Lula é um feito significativo, que reforça a perspectiva de vitória no próximo 30 de outubro.

Lula vencerá apesar da brutalidade e do terrorismo da maquinaria fascista de propagação de mentiras e ofensas – em igrejas e cultos religiosos, por empresários inescrupulosos, estruturas milicianas e do crime organizado, além, obviamente, das redes sociais.

Apoie a iniciativa do Jornalistas pela Democracia no Catarse

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247