DESmoroNOU

"O primeiro sentimento deveria ser o de ter pena de Moro", diz o colunista Hayle Gadelha em referência ao ministro da Justiça; "Afinal de contas, ele demonstrou que estava cheio de boas intenções, quando escolheu Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, um conselho apenas consultivo, onde Ilona teria nada além de um cargo de suplente", afirma.

DESmoroNOU
DESmoroNOU (Foto: Esq.: Fabio Pozzebom - ABR / Dir: Divulgação)

O primeiro sentimento deveria ser o de ter pena de Moro. Afinal de contas, ele demonstrou que estava cheio de boas intenções, quando escolheu Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, um conselho apenas consultivo, onde Ilona teria nada além de um cargo de suplente.

Mas Bolsonaro continua preso ao tal do Movimento Brasil Livre, aos Filhos e – the last but not the least – ao tal do, como é mesmo o nome?, Olavo de Carvalho. Bombardearam a nomeação e Bolsonaro sucumbiu, principalmente aos disparos que devem ter sido feitos ao pé do ouvido pelos Filhos.

Ilona Szabó de Carvalho é diretora e co-fundadora do Instituto Igarapé, um think tank especializado em segurança pública e questões relacionadas criado em 2011. Em entrevista ao Estadão, ela disse que teve uma conversa ótima com moro, com a participação do secretário de Segurança Pública, general Guilherme Teophilo. Quando começaram as pressões contra sua nomeação, fez contato com moro e ele teria pedido desculpas, que lamentava, mas estava sendo pressionado, porque o presidente Bolsonaro não sustentava a escolha na base dele. Como resultado desse tiroteio, o Brasil continua refém do comércio das armas.

"Aí, moro, tu perdeu, brou..."

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247