Dilma é o "Morango do Nordeste"

Se a Dilma é recordista de voto no Nordeste é por causa da exata compreensão que a petista tem desta extraordinária Região do país e do seu povo. A mesma compreensão que tem o Lula, um nordestino de Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano

Se a Dilma é recordista de voto no Nordeste é por causa da exata compreensão que a petista tem desta extraordinária Região do país e do seu povo. A mesma compreensão que tem o Lula, um nordestino de Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano
Se a Dilma é recordista de voto no Nordeste é por causa da exata compreensão que a petista tem desta extraordinária Região do país e do seu povo. A mesma compreensão que tem o Lula, um nordestino de Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano (Foto: Robert Lobato)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

"Você só colheu o que você plantou
Por isso que eles falam que eu sou sonhador
E digo o que ela significa pra mim
Ela é um morango aqui no nordeste
Tu sabes não existe sou cabra da peste
Apesar de colher as batatas da terra
Com essa mulher eu vou até pra guerra".

Acima um trecho do sucesso musical "Morango do Nordeste", de autoria do cantor e compositor maranhense "Lairton e Seus Teclados".

A cantiga expressa, com uma singeleza poética própria dos corações nordestinos, o que a presidenta Dilma representa para a nossa região.

Não diria que o "Mineiroca*" Aécio Neves e o seu PSDB não gostem ou não tenham apreço pela Região Nordeste - afirmar uma coisa dessa não seria apenas uma retórica apelativa para jogar os nordestinos contra os tucanos, mas seria, sobretudo, uma leviandade.

O problema do Aécio Neves não é que ele não goste do Nordeste e dos nordestinos: ele apenas não os compreende na mesma dimensão que a Dilma e o PT compreendem.

Há um importante e expressivo setor do eleitorado tucano, e isso contamina a candidatura do PSDB a presidente, que interpreta a Região Nordeste como sendo um "carma" para o desenvolvimento do país. Veem a nossa Região apenas como um depósito de gente sedenta pelo dinheiro do Bolsa Família e de um bando de "sem-tetos" à procura de um lar do Minha Casa, Minha Vida.

Só Que Não #SQN!

Em verdade, o povo nordestino é a expressão/síntese mais real e dura de todas as contradições de um país gigantesco, rico mas que enfrenta os maiores e mais diversos problemas comuns a tantos outros brasileiros, inclusive aqueles que vivem no Sudeste/Sul.

O nordestino que resiste e resolve permanecer no interior, no sertão ou na caatinga, o faz porque, como bem afirmou o grande Euclides da Cunha, "o sertanejo é, antes de tudo, um forte".

Os que resolvem deixar o seu torrão, porém, partem para os grandes centros urbanos não para aumentar o número de mendigos ajoelhados nas calçadas dos bancos e das igrejas, mas para erigir o progresso de São Paulo, conservar as belezas do Rio, garantir a produção de alimentos no Paraná e por aí vai.

Cada pedaço do gigantismo de uma São Paulo, por exemplo, tem as digitais das mãos nordestinas.

Contudo, é importante ressaltar que essas "digitais nordestinas' não estão presentes apenas na "força da grana que ergue e destrói coisas belas ", mas também na intelectualidade dos principais centros acadêmicos desta nação.

Os exemplos de intelectuais nordestinos são inúmeros, o que comprova que não construímos este país apenas a partir de tijolos e concretos, mas de cérebros também!

Enfim, são essas coisas que a intelligentzia tucana têm dificuldade de entender.

Repito: Aécio Neves e o PSDB não desgostam do Nordeste e dos nordestinos, somente não os compreendem em toda a sua dimensão e complexidade.

Se a Dilma é recordista de voto no Nordeste é por causa da exata compreensão que a petista tem desta extraordinária Região do país e do seu povo. A mesma compreensão que tem o Lula, um nordestino de Garanhuns, cidade do Agreste pernambucano.

E assim segue a petista pelo Brasil em busca da reeleição: sendo, antes de tudo, o "Morango do Nordeste".

* Mineiroca: Aquela pessoa que nasce em Minas Gerais, mas reside na cidade do Rio de Janeiro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247