Discriminação racial

José Pessoa de Araújo escreve cordel sobre o racismo no Brasil e destaca: "vamos provar para o mundo que o negro é genial"

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Chicote do Pessoa

Discriminação racial

Por José Pessoa de Araújo

Em nossa terra existe
Discriminação racial
Negro não pode passar
Em blitz policial
Seja que seja revistado
Visto como um marginal

A cadeia está cheia
De preto, pardo e pobre
É difícil encontrar
Um branco de linha nobre
Se for preso logo sai
Em banco tem muito "cobre"

PUBLICIDADE

O negro as vezes vai preso
Sem crime ter cometido
Sempre é visto como suspeito
É tratado como bandido
Não podemos aceitar isso
Contra irmãos tão sofridos 

É difícil encontrar
Um negro bem situado
O seu salário é pequeno
Pelo branco é recusado
O racismo no Brasil
Já não é tão camuflado

PUBLICIDADE

O racismo é muito grande
Neste Brasil tão querido
Todos têm sangue vermelho
De outra cor eu duvido
O ser humano é igual
Nem tudo está perdido

Sei que é muito difícil
Mudar o quadro atual
Mas não vamos desistir
Essa luta é desigual
Vamos provar para o mundo
Que o negro é genial

PUBLICIDADE

No esporte mundial
Os negros mostram os valores
Os corredores africanos
São os grandes vencedores
No futebol mundial
Também são goleadores

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email