“Escola sem partido”: quem não marchar direito vai preso pro quartel?

Para Igor Fuser, professor de relações internacionais na Universidade Federal do ABC (UFABC) e articulista do 247, 'a falsa denúncia da "doutrinação" não passa de um pretexto para intimidar os professores e estabelecer um clima de censura nas salas de aula. Querem impedir os professores de abordar qualquer tema que incomode os fascistas, os moralistas em pânico e os fundamentalistas religiosos'; 'Isso inclui temas como o evolucionismo (verdade científica que é o alicerce de toda a biologia moderna), a escravidão, a ditadura militar, a desigualdade social, a opressão sobre a mulher, e muitos mais', ressalta

“Escola sem partido”: quem não marchar direito vai preso pro quartel?
“Escola sem partido”: quem não marchar direito vai preso pro quartel?

A falsa denúncia da "doutrinação" não passa de um pretexto para intimidar os professores e estabelecer um clima de censura nas salas de aula. Querem impedir os professores de abordar qualquer tema que incomode os fascistas, os moralistas em pânico e os fundamentalistas religiosos.

Isso inclui temas como o evolucionismo (verdade científica que é o alicerce de toda a biologia moderna), a escravidão, a ditadura militar, a desigualdade social, a opressão sobre a mulher, e muitos mais.

Vão acabar proibindo que se fale da Revolução Francesa e do Iluminismo. Vão "relativizar" a proclamação da República em 1889 porque esse assunto talvez incomode os monarquistas aliados do Bolsonaro.

Nas aulas de Física será proibida a menção a Galileu, aquele perigoso subversivo que desafiou a Igreja medieval (da qual o futuro chanceler brasileiro sente tanta saudade) ao demonstrar, confirmando as teorias do polonês Nicolau Copérnico, que os astros não giram ao redor da Terra, como diziam os religiosos.

Melhor proibir junto o Copérnico, a menos que o cônsul da Polônia, ditadura fundamentalista católica que os novos governantes tanto admiram, proteste dizendo "aí também já é demais".

Nas aulas de Biologia, a reprodução humana será assunto tabu. Aliás, a reprodução de qualquer animal, principalmente os mamíferos, será matéria igualmente proscrita, pra garantir. Assim os padrões morais da família brasileira estarão melhor preservados. Quem quiser saber como surgem novos seres vivos o tempo todo, que pergunte ao pastor da Universal ou a um padre da Renovação Carismática.

A existência dos dinossauros poderá ser mencionada, no máximo, como uma "teoria" a mais, desde que se ensine também a historinha da Arca de Noé como uma verdade científica, junto com Adão & Eva -- maçã, cobra e costela incluídos.

Tudo isso, sem esquecer de rezar (ou orar) antes das aulas e de cantar quatro hinos diferentes, sabendo a letra de cada um deles de cor.

Depois, todo mundo em ordem unida rumo à sala de aula:
"Marcha soldado, cabeça de papel, quem não marchar direito vai preso pro quartel".

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Miguel Paiva

#Partiu Partido

"Além da ausência institucional, o governo atual prima pela destruição ou desmonte do que já havia", afirma o colunista Miguel Paiva. "Qual é o projeto de Brasil do PSL? Pelo que estamos vendo é um...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247