Espírito de seita

Espírito de partido é quando você responde às principais questões colocadas na ordem do dia a partir dos interesses das classes e setores sociais que você representa. Espírito de seita, quando você se movimenta guiado pelos interesses menores de seu grupo e de sua presença ou ausência do poder

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Quando a conjuntura se move e parece romper o impasse dos três terços _pró, contra ou indiferente ao golpe anunciado do bolsonaro-guedismo _ o mineiro José Dirceu propõe uma frente de…esquerda. Na extrema direita dessa frente, o indeterminado Ciro Gomes. Esquecendo os bons hábitos de seus conterrâneos, o Zé escreve a carta sem antes saber a resposta. Ao fazer isso, desencadeia agressão a Ciro Gomes da hoje incendiária Gleisi Hoffmann. A presidente do PT que soube ser bastante aliancista quando no poder ou em campanha eleitoral no Paraná. A pedrada atingiu o próprio Dirceu.

O cerco ao PT, transformado em boi de piranha da política brasileira para salvar um sistema político carente de reformas, parece ter minado uma de suas melhores qualidades: o espírito de partido que o levou a produzir grandes transformações no país.

Espírito de partido é quando você responde às principais questões colocadas na ordem do dia a partir dos interesses das classes e setores sociais que você representa. Espírito de seita, quando você se movimenta guiado pelos interesses menores de seu grupo e de sua presença ou ausência do poder. O próprio Lula _  injustiçado, perseguido e humilhado pela travessia da centro direita rumo à tragédia bolsonaro-guedista _ fecha-se em copas e reluta em liderar o partido rumo a uma ampla frente democrática antifascista.

É verdade. A centro direita investiu sem dó nem piedade no desmonte do pacto democrático de 88. Aécio, hipócrita épico, gritou em campanha que muita corrupção, todos os males do Brasil são. O PT ganhou? Fraude nas urnas. E por aí foram, na longa travessis que nos levou à vergonha planetária: Lula na cadeia e um bando criminoso no planalto. Preparados para reduzir o Brasil a uma enorme Muzema.

O anti petismo, que sonhava com uma frente anti-fascista sem o PT, terminou por produzir um óbice inesperado: o risco de o próprio PT deixar-se levar pelo espirito de seita, apequenar-se, confundir-se e relutar, como faz  o próprio Lula, em aderir à frente pelo afastamento imediato de Bolsonaro e seus acölitos. Mas é disso que o país precisa. Somos 70%, desde que Lula esteja conosco.  Dele, esperamos que de novo se agigante e escreva com uma nova carta aos brasileiros: juntos somos fortes.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email