Exames revelam agravantes na saúde da cadelinha supostamente vítima de zoofilia

Na semana passada, um caso de maus-tratos envolvendo uma cadelinha aconteceu no domingo (13), na Zona Leste de Teresina. A Ong Bento III foi a responsável pelo resgate, após receber uma denúncia anônima de que o animal estava sendo maltratado

Exames revelam agravantes na saúde da cadelinha supostamente vítima de zoofilia
Exames revelam agravantes na saúde da cadelinha supostamente vítima de zoofilia

Na semana passada, um caso de maus-tratos envolvendo uma cadelinha aconteceu no domingo (13), na Zona Leste de Teresina. A Ong Bento III foi a responsável pelo resgate, após receber uma denúncia anônima de que o animal estava sendo maltratado.
 
A cachorrinha foi localizada num local imundo, uma espécie de lixão, pingando sangue em sua genitália. 
 
Embora tudo indicasse que fosse um caso de zoofilia, os responsáveis da Ong preferiam esperar deixar o animal se acalmar para iniciar a bateria de exames. “Ela estava muito amedrontada e estressada, não estava comendo e não deixou que a veterinária a examinasse direito”, contou Raissa ao G1.
 
Somente na quarta-feira (16) foi possível fazer os exames devido ao estresse, a febre alta e todo o quadro de debilitação do animal.
 
"Demos um tempo pra que ela se acalmasse mais. Ela é bastante medrosa, mas aceita um cafuné de vez em quando!", conta Raissa Rocha, uma das representantes da Ong Bento III.
 
Os exames se mostraram inconclusivos para o ato em si.
Mas foi constatado que ela está passando por um processo de infecção muito grande, no qual, está com o baço distendido, útero e ovários aumentados e linfonodos também aumentados. Todo este quadro pode sugerir que a cadelinha possa ter sofrido algum tipo de violação sexual sim, uma vez que o denunciante anônimo ouvia os gritos do animal indicando os maus-tratos.
 
Ela também possui um TVT (Tumor Venéreo Transmissível), que é um câncer e, desse problema, ela já está sendo tratada com quimioterapia na clínica.
 
Devido a todo esse processo infeccioso, juntamente com o TVT, ela vai ter que ser castrada o mais rápido possível, logo após terminar as sessões de quimioterapia, para que o quadro não agrave mais ainda.
 
A ONG Bento III publicou em sua conta no Instagram (@bento_iii) que precisa de doações para custear o tratamento da cadelinha batizada de Vitória. 
 
A Bento III está com este e outros casos gravíssimos que podem ser conferidos na sua conta no Instagram. Faça sua parte e ajude quem ajuda. 
 
 
Doações
 
Banco do Brasil
Ag: 1621-7
C Poupança: 35541-0
Variação: 051
Shayra Torres de Souza
 
Caixa
Ag: 0699
C Poupança: 6359-6
Operação: 013
Thamires Silva Monteiro
 
Itaú
Ag: 4826
CC: 05337-5
Helena Mayra B Monte
 
Bradesco
Agência: 5808-4
CC: 6793-8
Thamires Silva Monteiro
 
Maus-tratos aos animais é crime previsto em lei. Seja vigilante. Denuncie! 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247