CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Renan Calheiros avatar

Renan Calheiros

Líder do PMDB no Senado

180 artigos

blog

Fim do trabalho escravo

São perto de sete milhões de brasileiros que esperam 16 novos benefícios trabalhistas tão logo a Câmara dos Deputados delibere sobre o assunto

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O Congresso Nacional acaba de promulgar a emenda constitucional conhecida com a PEC do trabalho escravo que, dentre outras inovações, prevê a expropriação de imóveis onde haja trabalho nestas condições. Foram anos de tramitação da matéria.

Em 1957, o Brasil ratificou a Convenção 29 da OIT, que pede a eliminação do trabalho forçado ou obrigatório. Ainda assim, o trabalho em condições análogas à escravidão persistia, e com o reconhecimento dessa situação, em 2003, foi lançado o Plano Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em dezembro do mesmo ano, o Congresso aprovou uma alteração no Código Penal para melhor caracterizar o crime de “reduzir alguém a condição análoga à de escravo”. A prática criminosa passou a ser definida como aquela em que há submissão a trabalhos forçados, jornada exaustiva ou condições degradantes, e restrição de locomoção em razão de dívida contraída, a chamada servidão por dívida.

Com tudo isso, as medidas coercitivas para impedir a submissão de trabalhadores a regime análogo ao da escravidão não foram suficientes. Por isso, o Congresso Nacional decidiu uma medida mais drástica para impor a expropriação de imóveis rurais ou urbanos em que se verifique a prática de trabalho escravo. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A proposta que foi aprovada no Senado no último dia 27 de maio e promulgada no último dia 5 de junho e contou com a participação de vários segmentos sociais e ativistas sociais, como a atriz Letícia Sabatella e a cantora Alcione.

No mesmo sentido, fizemos o mesmo, ano passado com outra modalidade de exploração de mão-de-obra. O Senado Federal promulgou e regulamentou a proposta para estender todos os direitos trabalhistas a todos empregados e empregadas domésticas. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

São perto de sete milhões de brasileiros que esperam 16 novos benefícios trabalhistas tão logo a Câmara dos Deputados delibere sobre o assunto. Estas foram duas importantes contribuições do Congresso Nacional para erradicar a mácula do trabalho escravo ou semiescravo em nosso país.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO