Foco no povão, que decidirá a eleição

"Não existe saída para a crise brasileira que não passe pela derrota do golpismo e da extrema direita", afirma o historiador Valter Pomar, membro da Direção Nacional do PT; "E na atual conjuntura, só nós da esquerda, liderados pelo PT e com a bandeira de Lula, podemos derrotar a extrema-direita. O centro é incapaz de dialogar com o povão", continua; "Mas só faremos isso se nós fizermos o que é nossa vocação: falarmos com o povo, sobre a ameaça que Bolsonaro representa em termos práticos de salário, emprego etc", diz ele, acrescentando ser preciso "foco no povão, que será quem decidirá a eleição"

www.brasil247.com - Foco no povão, que decidirá a eleição
Foco no povão, que decidirá a eleição (Foto: Stuckert)


A pesquisa do Ibope exagera uma tendência que é real.

Ou seja: a pesquisa tem distorções técnicas, mas é preciso estar atento para uma possibilidade real que ela indica.

A saber: a polarização tende a antecipar para o primeiro turno as transferências de voto que ocorreriam no segundo. E por razões que estão ditas abaixo, isso neste momento pode ajudar mais “ele” do que nós.

1/A mobilização forte do nosso lado gera uma reação do lado de lá. Vide deslocamento de parte dos evangélicos.

2/O discurso da terceira via contra os “dois extremismos” aumenta a rejeição principalmente contra nós. Até porque o objetivo deles é nos tirar do segundo turno.

3/Além disso, o fato de termos enfatizado — nos últimos dias — a pauta democrática, na prática fez com que tenha ficado em segundo plano a pauta social (ou seja, Bolsonaro = neoliberalismo e antipovo).

4/O Ibope é um sinal de que a Globo, que havia feito um ensaio pró-terceira via, pode estar pacificando suas relações com a extrema-direita.

5/A movimentação no STF, no TSE, as ações contra nossos comitês, declarações de líderes estaduais da centro-direita em prol “dele”, indicam que está havendo movimentações antecipadas em favor dele.

Seja como for, não existe saída para a crise brasileira que não passe pela derrota do golpismo e da extrema direita.

E na atual conjuntura, só nós da esquerda, liderados pelo PT e com a bandeira de Lula, podemos derrotar a extrema-direita. O centro é incapaz de dialogar com o povão.

Mas só faremos isso se nós fizermos o que é nossa vocação: falarmos com o povo, sobre a ameaça que Bolsonaro representa em termos práticos de salário, emprego etc.

Portanto, os próximos dias serão de muita tensão. É preciso estar preparado e disposto. E foco no povão, que será quem decidirá a eleição.

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email