Guedes se isola e avalia saída do governo Bolsonaro

Ministro teria ficado bastante contrariado com a forma como o presidente anunciou o recuo da medida provisória 927 que, entre outras coisas, permitia às empresas suspender contratos de trabalho e de salários por quatro meses

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O blogue apurou que o ministro da Economia Paulo Guedes está a um telefonema de deixar o governo Bolsonaro.

O ministro teria ficado bastante contrariado com a forma como o presidente anunciou o recuo da medida provisória 927 que, entre outras coisas, permitia às empresas suspender contratos de trabalho e de salários por quatro meses.

Bolsonaro deu a entender que foi enganado por Guedes e que assinou a medida sem lê-la em detalhes.

Ontem Guedes sequer participou da reunião com os governadores do Nordeste. A atitude teria sido um recado.

Alguns jornalistas já sabem da situação limite de Guedes e hoje o colega Rodrigo Vianna foi um dos que soltou um tuite sobre o assunto.

“Em meio à crise do Coronavirus e à catástrofe econômica, chama atenção o comportamento errático de Paulo Guedes. O ministro estaria isolado em casa, no Rio. Abalado e abatido. A bateção de cabeça na MP 927 é resultado disso: falta coordenação. Clima de fim de festa “, escreveu.

O isolamento de Guedes e sua completa ausência na mídia num momento tão grave da economia do país estariam levando Bolsonaro a já começar a avaliar outros nomes para sua substituição.

Quem está segurando para que isso não aconteça são os articuladores políticos do governo que consideram de alto risco mudar de ministro da Economia em meio a um momento tão complicado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email