Impeachment ou morte!

"Bolsonaro conduz, com o apoio das Fofas Amadas e seus submissos generais, o governo da destruição nacional", escreve a colunista Carla Teixeira. "É preciso impedir Jair Bolsonaro e seus incompetentes militares ou mais pessoas seguirão morrendo", completa

(Foto: ABr | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

Por Carla Teixeira

O descaso do poder público diante da crise sanitária que atinge Manaus choca e provoca profunda tristeza em qualquer pessoa que tenha discernimento, caráter e consideração pela vida humana. Percebemos a dimensão da nossa miséria quando pessoas como João Dória e William Bonner, outrora golpistas apoiadores do capetão, se tornam ecos e referências sobre princípios básicos de civilidade e humanidade.

É inadmissível que após o pico da pandemia, em Manaus, durante os meses de abril e maio do ano passado, os governos municipais, estaduais e federal não tenham se preparado para o repique da segunda onda que primeiro afogou a Europa, nos oferecendo um prelúdio da catástrofe que agora abate a nação. As principais cidades do Brasil estão com o seu sistema de saúde à beira do colapso. O que acontece na capital manauara é apenas uma demonstração do que poderá ocorrer no restante do país caso não haja o imediato isolamento social acompanhado de uma ampla campanha de vacinação. Pra já. Pra ontem.

PUBLICIDADE

O presidente da República se exime de qualquer responsabilidade. Segue negando a vacinação (a única saída possível da pandemia), provocando aglomerações e disseminando o uso da cloroquina, ineficaz para o tratamento da Covid-19. Ao ser interpelado sobre a crise no Amazonas, disse que “minha parte, eu fiz, o problema agora é do estado do Amazonas e da prefeitura de Manaus”. Então, pra que serve o Governo Federal se não é capaz de socorrer os entes federados diante de uma situação de crise?

Sessenta bebês prematuros estão correndo o risco de morrer por falta de oxigênio nos hospitais de Manaus. Mais de 750 pessoas precisam ser transferidas para outros estados por falta de oxigênio e leitos. O Governo Federal já avisou que não possui aviões equipados com UTI móvel para transportar os pacientes em estado grave, fará o translado apenas dos que tiverem condições de viajar sem atendimentos especiais, vaticinando que o restante ficará na capital para morrer.

PUBLICIDADE

Bolsonaro conduz, com o apoio das Fofas Amadas e seus submissos generais, o governo da destruição nacional. Em poucos dias o Brasil terá perdido uma em cada mil pessoas, morta pela Covid-19, alcançando o número de 212 mil óbitos. Rodrigo Maia tem o dever de sair das redes sociais e levar à apreciação do Congresso Nacional um dos sessenta pedidos de impeachment, para que se coloque um fim ao genocídio da população. É preciso impedir Jair Bolsonaro e seus incompetentes militares ou mais pessoas seguirão morrendo por conta do negacionismo, da inação e da desumanidade desses vermes que hoje ocupam o apodrecido Poder Executivo. É pela vida de todos os brasileiros. Impeachment ou morte!

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email