(IN)Justiça

A poetisa Cristine Nobre Leite denuncia o golpe de Estado contra Dilma Rousseff e comenta as recentes declarações do ministro Barroso, do STF

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)


Cipó de Aroeira

(IN)Justiça

Por Cristine Nobre Leite

Há imparcialidade
Na Justiça de um país?
Quando algum Barroso diz
Na mídia bem à vontade
Que faltou legalidade
No impeachment passado
Afirma um golpe bem dado
Contra Dilma , presidente
Com um  Supremo presente
(Lawfare representado?)

E a Constituição?
Onde fica nessa história?
Toda ação difamatória
E toda acusação?
A Dilma tinha razão?
Teve saída ilegal?
E a pedalada fiscal?
Não existiu como crime?
Nenhum deles se redime
Vão de encontro ao capital

"Impeachment não banal"
Assim falou o Barroso
Achei meio desastroso
Um falatório imoral
Parece até surreal
Ministro deixar expresso
Tal àquele réu confesso
Quando posto em julgamento
Não sei qual o fundamento
O motivo? Não processo

Dilma não foi apoiada
No Congresso nacional
Esse foi o grande mal
Razão pra sua derrubada
Arquitetaram jogada
Barroso falou bem claro
Um destemido disparo
Que soltou sem ter pudor
Com o Supremo à favor
E Dilma pagando caro

Numa guerra vale tudo
Principalmente dinheiro
Poder que parte primeiro
Mas, todavia, contudo
Um poeta não é mudo
Na poesia é sem medo
Embora guarde segredo
Vai falando o que sente
Solta a sua voz valente
Tarde da noite ou bem cedo

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247