Laudir de Oliveira fez a passagem, encantou-se

Guimarães Rosa dizia que as pessoas não morriam, encantavam-se. Laudir de Oliveira, grande músico, grande amigo, dono de uma paz das maiores, se encantou em 17 de setembro. Laudir foi percussionista do maestro Moacir Santos, Sérgio Mendes e depois do Chicago, banda americana que imperou na música mundial nos anos 60 e 70

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Laudir, presente!

Guimarães Rosa dizia que as pessoas não morriam, encantavam-se. Laudir de Oliveira, grande músico, grande amigo, dono de uma paz das maiores, se encantou em 17 de setembro. Amigo meu como poucos, Laudir estava preparando comigo o livro que contava a sua história de mais de 60 anos na música.

Laudir foi percussionista do maestro Moacir Santos, Sérgio Mendes e depois do Chicago, banda americana que imperou na música mundial nos anos 60 e 70. Neste grupo, Laudir tocou durante nove anos. E tocou também com Joe Cocker, Michael Jackson, Chick Corea, Wainer Shorter Carlos Santana entre muitos outros. No Brasil, o grande percussionista foi fundador do som Imaginário, de Milton Nascimento, ao lado e Wagner Tiso, Robertinho Silva e Zé Rodrix. O músico tocou muito tempo com Paulo Moura, pessoa a quem devotava imenso carinho.

Carinho era uma palavra que acompanhava Laudir onde fosse. Do Brasil tocou e gravou com Gilberto Gil, Bethânia, Gal costa, Hermeto Paschoal, Marcos Valle, entre muitos outros. Foram mais de 150 discos em que Laudir gravou.

No preparo do livro de sua vida, o mais difícil tem sido separar as centenas de fotos do grande músico pelo mundo. Laudir que saiu de Ramos para a Europa aos 20 anos com o grupo de dança afro de Mercedes Batista, depois viajou pelo mundo com o grupo Brasiliana até baixar âncoras em Los Angeles em 1969, saindo dos Estados Unidos para o Brasil, definitivamente, somente 1989.

Laudir estava na ativa, tocando com vários grupos até hoje e no projeto Percussão na Maré, ao lado do cantor angolano Abel duerê e do baterista Guto Goffi. Tocava ainda com o grupo Urca Bossa Jazz, de Wagner Cinelli, e com o gaitista Jefferson Gonçalves. Até se encantar num domingo de sol, em Olaria, na divisa de sua Ramosa, onde nasceu e viveu muito tempo ao lado do mestre Pixinguinha. Laudir de Oliveira, presente! Para continuar o seu legado, o nosso amigo tem aqui os filhos Christian, Angela e três netos, que moram em Los Angeles. Em Ramos, a sua musa Odete, que este ao seu lado nos últimos 25 anos estará ao lado de todos para cultuá-lo.

Laudir, os outros encantados como Pixinguinha e seus grandes amigos como Otávio Castro Neves e Paulo Moura já estão recebendo você de braços abertos. Você sempre estará tocando tumbadoras em nossos corações.

Laudir se encantou tocando na tarde de domingo no Rio de Janeiro. Estava homenageando o amigo Paulo Moura quando sofreu um infarto fulminante. Aqui, texto do pandeirista Jovi Joviniano, descrevendo o momento em que Laudir se encantou:

Amigos venho dar a lamentável notícia, o nosso amigo companheiro o percussionista Laudir de Oliveira fez a sua passagem, virou luz.

Estávamos homenageando o Maestro Paulo Moura no Reduto Pixinguinha, ele estava tocando ao meu lado fez um solo espetacular na música Fibra do Paulo Moura e depois começamos a tocar Ternura de Cachimbinho, ele estava tocando lindamente seu ganzá e partiu a tomada foi desligada e ele foi embora.

Uma salva de palmas para Laudir Oliveira.

Obrigado todo amor toda gratidão!

Amigos para sempre!

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247