Lava Jato tortura Pallocci para extrair delação contra Lula

A Lava Jato está prendendo todas as pessoas próximas de Lula, e ameaçando-as com prisão perpétua, caso não delatem o ex-presidente – quer dizer, caso não corroborem as versões da acusação. O único caso similar, na história do mundo, que eu me lembre, foram os julgamentos nos tribunais de Stálin, na perseguição aos quadros que participaram da revolução de 1917, incluindo Trotsky

Palocci é escoltado por policiais em Curitiba. 26/9/2016. REUTERS/Rodolfo Buhrer
Palocci é escoltado por policiais em Curitiba. 26/9/2016. REUTERS/Rodolfo Buhrer (Foto: Miguel do Rosário)

Do Cafezinho

Olha que podridão.

A dobradinha entre MPF e Judiciário é ilegal obviamente, já que deveria existir separação de poderes e interesses.

O MPF deveria buscar a verdade, e não encetar uma "guerra" contra ninguém. Neste caso, de "guerra", deveria haver um Judiciário para conter o MPF. Mas o Judiciário também entra na "guerra".

A Lava Jato está prendendo todas as pessoas próximas de Lula, e ameaçando-as com prisão perpétua, caso não delatem o ex-presidente – quer dizer, caso não corroborem as versões da acusação.

O único caso similar, na história do mundo, que eu me lembre, foram os julgamentos nos tribunais de Stálin, na perseguição aos quadros que participaram da revolução de 1917, incluindo Trotsky.

A menção a empresas de comunicação e instituições financeiras mostra o cinismo da Lava Jato, porque Pallocci sabe muito bem que isso não interessa aos procuradores, nem a Sergio Moro. Quer dizer, interessa se falar da Carta Capital, naturalmente. Mas não da Globo, etc.

Trata-se de uma delação preparada para produzir mais instabilidade, confusão e ódio político, o que é justamente o que interessa ao consórcio golpista, que precisa de muita confusão para abafar o saque ao patrimônio público em poucos meses de governo usurpador.

É o terrorismo político de sempre, que caracteriza a Lava Jato desde o seu início, e que faz juízes, empresários, parlamentares e jornalistas se curvaram, apavorados, a seus caprichos.

Alguns milhões de postos de trabalho já foram destruídos com essa palhaçada.

É mais uma maneira, além disso, de iludir setores ingênuos do campo progressista.

Enquanto a Lava Jato permanece o foco da mídia nacional, a crise econômica avança. A tática da mídia, naturalmente, é parecida a do nazismo: culpar os "comunistas" e os "judeus".

Com a esquerda desorganizada e na defensiva, a classe trabalhadora permanece indefesa aos ataques dos vampirismo medieval do congresso, que age sempre com apoio da grande mídia.

O Brasil que vai emergindo dos terremotos da Lava Jato é cada vez mais instável, corrupto, violento e atrasado.

Além disso, me parece óbvio que a Lava Jato, insatisfeita com o impacto relativamente fraco da delação de Leo Pinheiro contra Lula, que foi ridicularizado nas redes sociais (a Lava Jato tem assessoria de marketing que levanta esses dados), quer a delação de Pallocci antes do depoimento do ex-presidente, que por isso mesmo foi adiado para o dia 10 de maio.

***

No Jornal GGN

Palocci deve falar de Lula para conseguir delação, diz jornal

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247