LDO 2021: Estranha ao povo, a saúde, e ao meio ambiente. Mas acho que alguém gostou

Bolsonaro agrada aos militares, que muito bem sabem da falsa existência de uma ameaça comunista, por outro estimula o ódio ao comunismo em seus seguidores. Paralelo a tudo isso está a direita neoliberal e a elite que através de um sistema “pinga sangue” é alimentada por Bolsonaro, que como é sabido, ainda, atende ao apetite neoliberal

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O propósito de caminhar na contramão da vida assumido por Jair Bolsonaro continua a todo o vapor, para desespero da população brasileira. 

Ao sancionar a Lei de Diretrizes Orçamentárias publicada em edição extra do Diário Oficial no último dia 31, Bolsonaro vetou, dentre outros pontos, um trecho que impedia bloqueio de despesas relacionadas ao combate à pandemia. Em contrapartida, Bolsonaro abre as porteiras para gastos militares, estes estarão fora de limites de gastos: Despesas com a compra de caças, fortalecimentos das fronteiras, compra de tanques, etc.

“A LDO, Lei de Diretrizes Orçamentárias, estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte. Fixando, dessa forma, o montante de recursos que o governo pretende economizar; estabelece regras, vedações e limites para as despesas dos Poderes.

Outras despesas como o combate à pobreza e as queimadas também ficaram desprotegidas e podem ficar na mira do contingenciamento orçamentário aos moldes bolsonaristas.

Mas o que podíamos esperar de um presidente que estimula o armamento?

Mas o que pode-se concluir de tais medidas, por que insistir em fortalecer as fronteiras, adquirir caças em um momento em que o mundo tem um único inimigo em comum, inimigo este invisível que não se combate com bombas, caças, e armas?

Bolsonaro, como sabemos, tem total desprezo a vida do povo brasileiro, seu programa de governo já apontou como meta o empobrecimento acelerado da população. Porém Bolsonaro, tem como objetivo sua reeleição, e para isso ele precisa manter sua base ideológica, por mais lunática que seja. A ideia da criminalização da esquerda, da “ameaça comunista” e daí, a reboque disso tudo temas como aborto, drogas são combustíveis para manutenção da chama fascista de Bolsonaro.

Mas continuando, o que isso teria de fato a ver com a LDO sancionada por Bolsonaro, seus vetos e principalmente a blindagem contra contingenciamento de gastos militares, dentre eles o fortalecimento de monitoramento de nossas fronteiras?

Bolsonaro quer alimentar em seus seguidores, a ideia da ameaça  comunista, com a nossa vizinha Venezuela, e com qualquer outro país que esteja adotando posições progressistas. Quem seriam os próximos fantasiosos inimigos de fronteiras com  o Brasil, segundo a teoria bolsonarista, Argentina, Bolívia?

Se por um lado, Bolsonaro agrada aos militares, que muito bem sabem da falsa existência de uma ameaça comunista, por outro estimula o ódio ao comunismo em seus seguidores. Paralelo a tudo isso está a direita neoliberal e a elite que através de um sistema “pinga sangue” é alimentada por Bolsonaro, que como é sabido, ainda, atende ao apetite neoliberal. 

E para aumentar a sangria nos mais empobrecidos, ele, Bolsonaro, através de uma MP (Medida Provisória) com efeitos imediatos, restringe e limita ao acesso quase meio milhão de pessoas em situação de vulnerabilidade que teriam direito ao BPC (Benefício de Prestação Continuada). O mundo assiste, precisamos nos levantar!

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email