Lobos em pele de cordeiro

Esses pastores estão tentando usurpar parte da Igreja que deveria ser de Cristo para torná-la participante de um crime contra a democracia e a humanidade

Bolsonaro em evento com evangélicos
Bolsonaro em evento com evangélicos (Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News

A primeira igreja nasceu em meio à pobreza, e a enfrentou, deixando lições preciosas. Começaram reagindo à mesma, não sendo tolerante para com a realidade em que os empobrecidos estavam imersos. Responderam com solidariedade, onde os irmãos, como podiam, desfaziam-se voluntariamente de posses para ajudar os demais, segundo a necessidade dos mesmos. Depreende-se um padrão mínimo que, rebaixado, acionava o socorro. E o padrão de socorro não era determinado pelas posses dos doadores, sim pela necessidade dos beneficiários, o que indica que a ação era tomada a partir de um conceito de direito, o irmão necessitado tinha o direito de ser atendido em sua carência, cabia a comunidade a satisfação do mesmo.

Num outro momento, percebe-se o desenvolvimento de um programa para o sustento da viúvas, uma espécie de programa previdenciário da Igreja, assumindo a responsabilidade por aquelas que não tinham mais acesso ao trabalho remunerador. Programa levado tão a sério, que uma categoria nova de oficiais foi acrescentada à Igreja. Estes, os diáconos, assumiram o ministério de seguridade social da comunidade. 

E é preciso que se diga que essa foi uma decisão revolucionária, porque eles foram movidos pelo reconhecimento do direito das mulheres, numa época em que ninguém emprestaria valor a essa causa.

PUBLICIDADE

Quão diferentes dos pastores que, hoje, convocam a Igreja para clamar por um golpe de Estado, que só vai sustentar a injustiça que esse governo disseminou, destruindo tudo que a Igreja Primitiva semeou e que deveria inspirar esses pastores, mas, eles não passam de lobos em pele de cordeiro. Esses pastores estão tentando usurpar parte da Igreja que deveria ser de Cristo para torná-la participante de um crime contra a democracia e a humanidade.

PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email