Lula é candidato e favorito à presidência da República em 2022

“Lula que já tem 18% de votos a mais do que Bolsonaro num eventual 2º turno e tende a aumentar essa diferença com a nova liberdade que amealhou”, diz o editor da revista Fórum

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Com a votação do Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde de hoje, o ex-presidente Lula já é candidato a presidência da República. Só uma tsunami jurídica de proporções estratosféricas poderia mudar isso. Teria de ser revertida a suspeição de Sérgio Moro, que já foi aprovada na 2ª turma, e todos os processos encaminhados para o novo juiz, que ainda não se sabe se será de Brasília ou São Paulo, e ele então teria de usar testemunhos e provas para tomar sua decisão de maneira muito rápida. Mesmo assim, seria improvável que o julgamento de Lula em 2ª instância se desse antes do processo eleitoral de 2022.

Ou seja, temos um caso praticamente consumado. Sim, o praticamente é um excesso de zelo. Já dá pra dizer que o nome de Lula estará na cédula eleitoral de 2022, como já esteve em outras cinco eleições.

E Lula é o grande favorito para vencer a disputa. Bolsonaro sabe disso e até por este motivo seu apaniguado no STF, Kássio Konka, fez uma voto medíocre a favor da tese da competência de Moro para julgar Lula.

A partir de agora o ex-presidente Lula poderá iniciar de forma mais segura suas articulações para a nova candidatura. Poderá conversar com atores políticos sabendo que fala de um futuro certo e não de uma hipótese.

E será ouvido por eles não como um potencial candidato que precisa se livrar de uma perseguição judicial, mas como o favorito do pleito que se avizinha.

Lula que já tem 18% de votos a mais do que Bolsonaro num eventual 2º turno e tende a aumentar essa diferença com a nova liberdade que amealhou hoje.

Isso lhe trará tranquilidade para articular sua volta ao poder de maneira inteligente e sem sobressaltos.

O campo progressista volta a ter uma possibilidade real de ser governo no maior país da América Latina.

Depois de tudo que Lula viveu nos últimos tempos, fez bem seu biógrafo Fernando Moraes em esperar para lançar o livro sobre a história do ex-presidente. Porque tudo indica que esta história terá ainda capítulos muito emocionantes.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email