Lula lidera também na classe média

"Outra constatação que corrobora o avanço de Lula nos estratos médios da população é sua liderança entre os mais escolarizados", diz o jornalista Bepe Damasco

www.brasil247.com -
(Foto: Ricardo Stuckert)


Por Bepe Damasco

Diante da miríade de “institutos” de pesquisa surgida nos últimos anos, decidi prestar atenção apenas no Datafolha e no Ipec (criado por ex-sócios do extinto Ibope).

Seja porque fazem pesquisa presencial, e não por telefone, ou porque têm tradição e um nome a zelar no mercado (o que não quer dizer, claro, que não cometam erros), vejo as duas pesquisas como as mais confiáveis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No levantamento do Ipec divulgado nesta terça-feira (14), que ouviu 2002 pessoas entre os dias 11 e 13 de dezembro, Lula exibe uma musculatura eleitoral impressionante.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 Nos dois cenários testados – um incluindo todos os possíveis candidatos, no qual chega a 48% contra 21% de Bolsonaro e outro apenas com ele, Bolsonaro, Moro, Ciro e Dória, onde Lula marca 49% e Bolsonaro 22% - chamam a atenção alguns dados captados pelo Ipec.

Abre parênteses. Os candidatos da chamada terceira via, Moro, Ciro e Dória, pontuam como nanicos (6%, 5% e 2%, respectivamente, no primeiro cenário, e 8%, 5% e 3%, no segundo) vão sendo emparedados por Lula, que carrega nos seis índices de intenção de voto parcela importante do eleitorado mais vinculado ao centro político. Outro detalhe: nem a luta pela vacina, carro-chefe da campanha de Dória, tem ajudado o governador de São Paulo, pois fala mais alto a reprovação dos paulistas ao seu governo. Fecha parênteses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de sua já conhecida força no Nordeste (63%) e entre os mais pobres (57% entre quem tem renda familiar até um salário mínimos, 55% na periferia dos grandes centros urbanos e 55% no universo de eleitores com o ensino fundamental), Lula lidera numericamente, embora empatado tecnicamente,  no segmento com renda acima de cinco salários mínimos (32% contra 30% de Bolsonaro).

Outra constatação que corrobora o avanço de Lula nos estratos médios da população é sua liderança entre os mais escolarizados, com curso superior – 40 % versus 25% de Bolsonaro.

Em relação aos segmentos religiosos, Lula aparece empatado com Bolsonaro entre os evangélicos, algo digno de nota e que parecia improvável até há algum tempo, e dispara na preferência do voto católico alcançando 54%.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Também no quesito rejeição as notícias não poderiam ser melhores para o ex-presidente Lula. Enquanto 28% dizem que não votariam nele de jeito nenhum, 55% se negam a considerar qualquer possibilidade de votar em Bolsonaro.

Por óbvio, se a eleição fosse hoje, Lula seria eleito no primeiro turno. Mas não é. Muita água ainda vai correr debaixo da ponte. E insisto: os setores democráticos e progressistas da sociedade enfrentarão a eleição mais difícil da história.

Não custa lembrar que a direita e a extrema direita não hesitarão em usar mais uma vez seu arsenal de armas sujas e golpes abaixo da linha da cintura. E o poder de fogo deles não é nada desprezível.

Do outro lado, teremos uma trincheira formada por milicianos, polícias, militares, agronegócio, grupos de mídia, fundamentalismo religioso e mercado financeiro.

Contudo, a lembrança do povo de um tempo em que seus filhos cursavam universidade, era possível comprar uma casa, viajar de avião, adquirir um carrinho, conseguir um emprego, comer picanha e tomar café da manhã, almoçar e jantar tem grande chance de se impor.

E nunca foi tão atual o slogan da campanha de Lula, em 2006, quando se reelegeu presidente da República: “É Lula de novo com a força do povo.”

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email