Lula na cadeia esbanja alto astral, sabedoria, está magro, atlético: um gato!

Um artigo de Mauro Lopes sobre como está Lula na cadeia, a partir das impressões causadas pela entrevista ao 247 em 22 de agosto: "Quando ele entrou na sala, foi espantoso. Sua aura, seu astral contagiavam". Mais adiante, Mauro escreveu sobre o homem que tinham diante deles: "apaixonado por uma mulher, por si e por seu povo".

(Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

Por Mauro Lopes, editor do 247 e fundador do canal Paz e Bem 

Encontramos o homem de 73 anos numa sala do gelado prédio da Polícia Federal em Curitiba. Naquele dia, 22 de agosto, ele completava 502 dia de prisão.

Quando ele entrou na sala, foi espantoso. 

Sua aura, seu astral contagiavam. Lembro muito vivamente de meu encontro, anos atrás, com Sua Santidade, o Dalai Lama. Ele passou por mim a caminho de um tablado onde falaria para uma platéia enorme. Havia uma energia, uma alegria serena, os olhares de todos ao redor eram como que convocados de maneira imperiosa para ver aquele homem passando. A entrada de Lula na sala lembrou-me imediatamente essa experiência. 

Tudo para ao redor. Ele aproximou-se de nós. Estávamos tolhidos pelas regras estúpidas da prisão política. Tudo é restrição na cadeia. Tudo é “não pode”.

Sequer conseguimos abraçá-lo sem uma mesa entre nós. Não pode. 

Havia emoção e espanto com a entrada de Lula na sala.

Quem estava diante de nós?

Um homem de 73 anos que esbanja alto astral, sabedoria, está magro, atlético, um gato -como as fotos nas redes sociais consagraram nos dias seguintes. Que elegância e jovialidade!

Um homem apaixonado por uma mulher, por si e por seu povo.

Ao longo da entrevista, que transcorreu num clima de roda de conversa, a impressão inicial enraizou-se. Ficamos inebriados com sua prosa-poesia, com sua capacidade única de narrar, de envolver com histórias que, como as fábulas, sempre nos remetem a um ensinamento profundo, uma lição para a vida.

Estávamos eletrizados na sala. Jornalistas, fotógrafos, gentes da tecnologia, os advogados e até os agentes da Polícia Federal. Pepe Escobar, Paulo Moreira Leite eu eu, Nicolas Hayato Iwashita, Felipe Lima Gonçalves, Ricardo Stuckert, Manoel Caetano, Luiz Carlos da Rocha e dois da PF. Todos eletrizados por Lula.

Veja a seguir as fotos feitas por Ricardo Stuckert e Felipe Lima Gonçalves. Elas compõem um belo retrato de um homem que ama a vida.

Felipe L. Gonçalves / 247

 

Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Ricardo Stuckert


Felipe L. Gonçalves / 247








Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247