Lula não 'botou a culpa' em dona Marisa. Imóvel no condomínio do Guarujá sempre esteve em nome dela

O imóvel nunca foi de Lula. Quem comprou um imóvel (e não o triplex) na planta foi dona Marisa na Cooperativa dos Bancários, Bancoop. Portanto, Lula não procurou jogar a responsabilidade do imóvel em dona Marisa. Foi ela quem entrou na Bancoop para comprar uma unidade naquele condomínio no Guarujá

O imóvel nunca foi de Lula. Quem comprou um imóvel (e não o triplex) na planta foi dona Marisa na Cooperativa dos Bancários, Bancoop. Portanto, Lula não procurou jogar a responsabilidade do imóvel em dona Marisa. Foi ela quem entrou na Bancoop para comprar uma unidade naquele condomínio no Guarujá
O imóvel nunca foi de Lula. Quem comprou um imóvel (e não o triplex) na planta foi dona Marisa na Cooperativa dos Bancários, Bancoop. Portanto, Lula não procurou jogar a responsabilidade do imóvel em dona Marisa. Foi ela quem entrou na Bancoop para comprar uma unidade naquele condomínio no Guarujá (Foto: Antônio Mello)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Na falta de argumentos, diante do fiasco que foi para os adversários do ex-presidente Lula seu depoimento ao juiz Sergio Moro ontem, eles partiram para baixarias de sempre.

Pegaram uma frase em que Lula disse que quem se interessava pelo apartamento no Guarujá era dona Marisa, espalharam a calúnia de que ele estaria jogando "a culpa" nas costas da morta.

O imóvel nunca foi de Lula. Quem comprou um imóvel (e não o triplex) na planta foi dona Marisa na Cooperativa dos Bancários, Bancoop.

A Bancoop teve problemas financeiros e o empreendimento passou para a OAS. Para isso, todos os que adquiriram unidades tiveram que assinar um distrato, o que dona Marisa fez [as duas imagens reproduzidas aqui].

Repare que há a opção [destacada na imagem] de optar por um imóvel da OAS, caso fosse do interesse de dona Marisa.

A OAS ofereceu o triplex a dona Marisa. Ela foi visitá-lo com o ex-presidente Lula. Que, como disse em depoimento ontem, botou "500 defeitos" no imóvel.

A OAS, desejosa de que o casal ficasse com o imóvel, porque ficaria mais fácil vender todas as unidades do condomínio, se fosse o "condomínio do triplex do Lula", fez as reformas, mas o casal não quis ficar com o triplex.

Portanto, Lula não procurou jogar a responsabilidade do imóvel em dona Marisa. Foi ela quem entrou na Bancoop para comprar uma unidade naquele condomínio no Guaruja. E foram os dois, em comum acordo, que ao final desistiram do negócio.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email