Lula: o guerreiro da paz

A paz de Jesus, de Buda, de Chico Xavier, da Irmça Dulce com certeza não é esta "paz nacional" que (des) governa: escravizando, colonizando e imperando; esta PAX é aquela que precisará ser derrubada pelas mãos paladinas de um povo que tem como ganhador do prêmio Juca Pato, o ambientalista e historiador indígena Ailton Krenak e como ex- presidente: Lula

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O QUE SERIA PAZ? 

Filosoficamente é uma virtude teologal. 

Pelo menos a ética tomista assim define. E a pax? Do ponto de vista romano ela representa a ausência do conflito. Há diferença entre estes dois conceitos?

Parece que sim.

O entreguerras também (ao longo das temporalidades) se constituiu em momentos de "paz" que prepara e ensaia a próxima contenda. E, sem dúvida, vem alavancando em muito a mudança estrutural do mundo.

A paz que excede todo o entendimento vem de Deus, segundo o Código de Ética Cristã, que gerou (em parte) o nosso sistema de leis. Segundo alguns estudiosos, o monoteísmo histórico foi o marco pré-histórico da cidadania e dos Direitos humanos.

Desde que a filosofia nasceu na Grécia, a ética busca o caminho do equilíbrio."A virtude pode ser ensinada" disse Aristóteles. E seguimos em busca de um consenso entre a PAZ E A PAX...

As virtudes teologais, estão sendo apregoadas, elas nasceram da cristianização dos povos: fé, esperança, amor e paz. Como continuar exercitando tais virtudes? Ou será que elas nunca foram realmente tijolos de construção para tornar o nosso planeta: um "mundo habitável", ou seja, ético. 

O cenário brasileiro propala fome, ódio, intolerância, corrupção, mentira, vilania, crueldade, racismo, segregação em nome da PAX. O governo se diz acima de todos,com um "deus" acima de tudo. Seria Jesus de Nazaré, este Deus do lema nacional?

Na transição do período republicano para o período imperial:Roma gozou de paz, que fora denominado de PAX ROMANA; no entanto tal período foi marcado por inúmeros assassinatos de senadores, muitas rebeliões provinciais, e de escravos, que abalaram o fim da República.

Foram aparentes 57 milhões de votos, em 2018. Votos que garantiram a instalação de uma almejada PAX BRASILEIRA. De lá até os dias de hoje: Já contamos com 14 milhões de desempregados, a economia está engessada, os direitos trabalhistas praticamente inexistem, a conjuntura política se torna cada vez mais reacionária e o meio ambiente se esfacela... Onde está a Paz?

A PAZ está entrincheirada, ela não tem paz, pois a fome e a injustiça ferem de morte aqueles que ainda não pereceram pelas mãos sedentas da COVID-19, que já é quase COVID-21. Há um holocausto sim, e mesmo aqueles que biologicamente não possuem a visão: vislumbram.

A PAZ de JESUS, DE BUDA, de CHICO XAVIER, DE GANDHI, DA IRMÃ DULCE, com certeza não é esta "PAX NACIONAL" que (des) governa: escravizando, colonizando e imperando; esta PAX é aquela que precisará ser derrubada pelas mãos paladinas de um povo que tem como ganhador do prêmio Juca Pato, o ambientalista e historiador indígena Ailton Krenak e como ex- presidente: Luiz Inácio Lula da Silva. O povo que nasceu de um intenso colonialismo/exploratório merece vencer pela PAZ interior. Aquela PAZ ... que se constitui em virtude, e nunca em interregno falseado de PAX.

#LeiaBrazilevireBrasil

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247