Lula, um preso político: a quem serve a democracia?

Lula Livre é mais que um brado, mais que frase de efeito, é um grito de liberdade democrática, de busca pela democracia real, de substancialmente elaborarmos um projeto de desenvolvimento com inclusão social, acesso às oportunidades e qualidade de vida para a maioria do povo brasileiro

Lula, um preso político: a quem serve a democracia?
Lula, um preso político: a quem serve a democracia? (Foto: Ricardo Stuckert)

Lenine está coberto de razão: definitivamente, o Brasil é o país da contradição. Afinal, que paradoxo maior pode haver num lugar onde a Democracia serve ao autoritarismo e onde as instituições – democraticamente constituídas – no lugar de buscarem assegurar a Justiça, estão a serviço de interesses mesquinhos e se transformaram em instrumentos para prática do terrorismo de estado?

A elite econômica brasileira – escravista por definição e, mais que do atraso, da barbárie – não admite a mera hipótese de uma política social de desconcentração de renda, que inclua os historicamente desfavorecidos, que distribua a riqueza nacional, que combata o racismo, que proteja a mulher do machismo, que não admita a violência LGBTfóbica. A elite do atraso quer aniquilar todos os direitos e retroagir até 12 de maio de 1888.

Casa-própria, agricultura familiar, liberdade de expressão, acesso das classes populares ao ensino superior, à ciência, ao parlamento, aos governos. Tudo isso causa insônia nos fascistas, acostumados a terem seus filhos servidos como reis, por gente que, para eles, não deve ter direito ao salário mínimo, às férias, ao décimo-terceiro, à dignidade.

Por isso, Lula está preso. Politicamente encarcerado. Maior liderança popular brasileira, homem-ideia, fenômeno das massas populares, identificado com as históricas bandeiras da esquerda internacional, Simon Bolívar contemporâneo, Lula é uma ameaça efetiva a séculos de privilégios de uma classe historicamente identificada com a desigualdade social, com o analfabetismo, com o racismo e o patriarcado.

Lula amedronta a elite porque governou e governará para a ampla maioria da população, assegurando o pleno emprego, a distribuição de renda por meio de programas sociais internacionalmente reconhecidos. Amedronta a elite perversa ao criar novas universidades federais, novos institutos federais e ampliar o número de vagas para índios, negros e quilombolas. Porque governa para que os pobres deixem de ser pobres.

Nordestino, retirante da seca, metalúrgico semialfabetizado, Lula venceu inúmeros obstáculos – inclusive os autoritários governos militares – até assumir a presidência da República e combater a fome, um mal que aniquila o corpo e a subjetividade. Foi o operário Lula quem tirou o Brasil do famigerado Mapa da Fome e elevou a autoestima de milhões de pessoas. Por isso, é preciso tirá-lo de circulação.

Há muito o Homem-Lula dissolveu-se em sua própria grandeza até tornar-se o Lula-Multidão, o Lula-Nós-Todos. Ou, como ele mesmo costuma dizer, o Lula-Ideia, imorredouro, inabalável. Este Lula sou eu, que aprendi sobre luta de classes e emancipação feminina no convívio com as companheiras e companheiros do Partido dos Trabalhadores, ambiente de aprendizado, organização, militância e vitórias.

E é justamente na tentativa de eliminar Lula que os servos e detentores do grande capital estão violentamente atacando a Democracia, envergonhando mundialmente um país que, muito recentemente, merecia o respeito internacional pela capacidade de atrair investimentos e integrar países latino-americanos para o fortalecimento da economia regional e o fim progressivo da submissão aos interesses do FMI.

Lula Livre, portanto, é mais que um brado, mais que frase de efeito, é um grito de liberdade democrática, de busca pela democracia real, de substancialmente elaborarmos um projeto de desenvolvimento com inclusão social, acesso às oportunidades e qualidade de vida para a maioria do povo brasileiro. Precisamos falar de Bem Viver, de taxação de grandes fortunas e impostos progressivos, quem tem mais pode pagar mais, isso é justiça. Lula Livre é a Democracia Livre, é o povo brasileiro assumindo novamente as rédeas de seu destino. Lula Livre é o Povo Livre.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247