Melhor jornal da rua Santo Antônio, 1.043

O EX-16 trouxe a reportagem sobre o assassinato do jornalista Vladimir Herzog que viria a ser classificada como uma das 10 que abalaram a ditadura, apanhada de calças curtas. Claro que, depois dessa, o EX, publicação sem patrono e sem patrão, não passou do 16. Era o fim do melhor jornal da rua Santo Antônio

Melhor jornal da rua Santo Antônio, 1.043
Melhor jornal da rua Santo Antônio, 1.043

No começo do novembro de 1975, pelas oito da noite, meia dúzia de jornalistas do primeiro time sobem os 16 degraus que levam à redação do EX-, num sobradinho do Bixiga.

Não era segredo que os editores, em cima do lance, a sangue-quente, iam dedicar o número 16 ao assassinato do colega Vladimir Herzog no Doi-Codi do II Exército.

Os colegas vêm aconselhar a gente a não fazer isso, preocupados com nossa segurança, achavam que íamos cutucar o demo com vara curta.

"Eles estavam com mais medo que nós, só que nós estávamos com a macaca", lembrou Mylton Severiano, o Myltainho, um dos ex-editores. sublinhando que havia um certo sofisma no ar:

"Diziam que, se pediam que não publicássemos, era para nos proteger. Já nós achávamos que proteger seria publicar."

O EX-16 trouxe a reportagem que viria a ser classificada como uma das 10 que abalaram a ditadura, apanhada de calças curtas.

Claro que, depois dessa, o EX, publicação sem patrono e sem patrão, não passou do 16. Era o fim do melhor jornal da rua Santo Antônio.


 

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Lula volta a frustrar Moro, Rede Globo e PSDB
Mauro Nadvorny

Não é o Lula, é o Lula

Ninguém pode ser condenado sem trânsito em julgado. Em outras palavras, um culpado de um crime qualquer, só pode cumprir sua pena, quando tiver sua condenação confirmada e todos os recursos negados...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247